Veja vídeo

Ao menos três mortos em explosão de ponte da Crimeia, dizem russos

O estouro causou um grande incêndio e danificou parte da ponte, que liga o sul da Rússia à península ucraniana da Crimeia, anexada por Moscou em 2014.

Por Agências
Publicado em 08 de outubro de 2022 | 09:07
 
 
 

Ao menos três pessoas morreram na explosão que danificou a ponte da Crimeia, anunciaram neste sábado (8) os investigadores russos, que afirmaram ter identificado o dono do caminhão-bomba que causou a detonação. 

"De acordo com dados preliminares, três pessoas morreram", provavelmente "os passageiros de um veículo que estava perto do caminhão quando explodiu", disse o Comitê de Investigação da Rússia em comunicado.

"Os corpos de duas vítimas, um homem e uma mulher, já foram retirados da água", informou o Comitê, sem dar detalhes sobre a terceira vítima.

O órgão, responsável pelas principais investigações criminais na Rússia, também alegou ter identificado o caminhão e seu proprietário, suspeito de estar por trás da explosão. 

O proprietário seria um habitante da região de Krasnodar, no sul da Rússia. 

"Foi aberta uma investigação em seu local de residência. A rota do caminhão e os documentos relevantes estão sendo estudados", acrescentaram os investigadores. 

A explosão do caminhão causou um grande incêndio e danificou parte da ponte, que liga o sul da Rússia à península ucraniana da Crimeia, anexada por Moscou em 2014. 

A infraestrutura, construída por ordem do presidente russo Vladimir Putin e inaugurada em 2018, é fundamental para o transporte de material militar para as tropas russas destacadas na Ucrânia. 

A Ucrânia não reivindicou a responsabilidade por este ataque. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!