TRAGÉDIA

Criança morre após ser sugada por tubulação em piscina de hotel de luxo

Família processa o hotel e pede 1 milhão de dólares por danos

Por O TEMPO
Publicado em 26 de março de 2024 | 14:57
 
 
 
normal

Uma garota de 8 anos morreu tragicamente no último sábado (23 de março) após ser sugada pela tubulação da piscina de um hotel de luxo, em Houston, cidade do Texas, nos Estados Unidos. Os advogados da família afirmam que a criança estava em uma piscina do tipo "rio lento" quando foi  “violentamente sugada para uma lacuna insegura de 12 a 16 polegadas no sistema de fluxo”.

O corpo da garota foi localizado, horas depois, dentro dos canos, a 6 metros de profundidade. Segundo o jornal australiano SkyNews, o processo afirma que a mãe da garota Aliyah percebeu que a filha estava desaparecida por volta de 16h50 e começou a buscá-la incansavelmente. Daniela Jaico chegou a pedir aos funcionários do hotel para ter acesso às imagens de câmeras de segurança, mas os funcionários negaram o pedido e exigiram a presença da polícia.  

Com a chegada dos agentes, foi possível acessar as imagens e elas revelaram o momento em que a garota afunda na piscina e não é mais vista. 

A família da criança está processando o hotel no valor de mais de US$ 1 milhão por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A defesa classifica a situação como uma "tragédia sem sentido". 

Nas redes sociais, Daniela Jaico homenageou a filha:

“Espero te ver novamente um dia e você continuará olhando para mim e terá aquele grande sorriso que contagiava de alegria. Eu vou te amar por toda a eternidade. Você é a coisa mais linda que Deus me deu e depois de cada batalha que passamos juntos não vencemos essa. Descanse em paz minha linda Wera. Para sempre você".

Um porta-voz do hotel se pronunciou sobre o caso para o jornal Sky News:

“O Hilton oferece nossas sinceras condolências à família e entes queridos pela trágica perda de uma jovem no DoubleTree by Hilton Houston Brookhollow. Esta propriedade é independente e operada por terceiros. O Hilton não possui gerencia ou controla as operações diárias da propriedade e não emprega nenhum funcionário da propriedade ou operadores terceirizados."

Eles  também acrescentaram: “Entendemos que a propriedade está cooperando totalmente com todas as autoridades que investigam o incidente”.

A polícia de Houston está investigando o caso.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!