Agressão

Cunhado joga água fervendo no rosto de mulher por causa de rato; entenda

Vítima sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau; água quente chegou a 'derreter' sardas da mulher

Por O Tempo
Publicado em 20 de abril de 2023 | 20:54
 
 
 

Uma mulher foi severamente ferida por seu cunhado após terem discutido sobre um rato de estimação na Inglaterra. A vítima sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau devido ao ataque e, agora sofre as consequências, que envolvem dor além de danos psicológicos. 

Tudo começou quando Charlotte Foster, 29, enviou uma mensagem de texto para seu cunhado, Ben Queen, 28, pedindo conselhos de tratamento para o rato de estimação. Ben tem o mesmo animal e, aparentemente, entendia do assunto. 

Depois que Charlotte revelou que havia dado remédios para alergia e para problemas respiratórios para seu pet, Ben ficou extremamente irritado e eles começaram a discutir por mensagens de texto

Consternada, a mulher foi até a casa de Ben para exigir um pedido de desculpas pelas farpas trocadas. Ao contrário do que ela esperava, Ben atirou água fervida no rosto de Charlotte ao dizer: "pegue isso, sua vad*a". 

A vítima seguiu para Cumberland Infirmary, onde recebeu os primeiros atendimentos médicos. Ela teve severas queimaduras na cabeça, pescoço e ombros. "Tudo aconteceu tão rápido. Eu pude ver que Ben estava ficando nervoso depois que sua xícara de café foi derramada, então eu saí do caminho e foi quando ele estourou", disse ela ao jornal The Mirror. 

Charlotte seguiu para uma instituição médica para tratamento especializado, ainda com muitas dores. "Eu só chorava porque doía muito. Meu cabelo grudava na minha orelha que estava cheia de bolhas e meu rosto estava completamente inchado", relatou. 

Ela conta que a agressão trouxe um tratamento diferente mesmo de pessoas que a amam. "Meu filho dizia que eu ainda estava bonita, mas percebi que ele estava com medo dos meus ferimentos. Fiquei horrorizada quando me olhei no espelho, pois minhas sardas começaram a mudar de cor". 

Ben logo foi preso e, em seguida, solto mediante o pagamento de fiança. Em fevereiro, ele recebeu uma sentença de 21 meses de prisão e uma ordem de restrição de cinco anos após se declarar culpado de causar lesões corporais graves. (Com informações de The Mirror)

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!