Foi atendido

Detento pede a juiz para ser condenado à morte: ‘é um conforto’

Steven Lorenzo é autor confesso dos crimes de estupro, tortura e morte de dois homens nos Estados Unidos

Por O Tempo
Publicado em 02 de março de 2023 | 21:57
 
 
 
normal

Um assassino autor de um duplo homícidio solicitou ao juiz que trocasse sua pena de prisão perpétua para pena de morte e foi atendido. “Estou buscando a pena de morte. É do meu interesse, basicamente, porque é um conforto”, alegou o condenado. 

Steven Lorenzo estava sendo julgado pelas mortes de Jason Gale House e Michael Wachholtz que aconteceram na Flórida (EUA) em 2003. Até o ano passado, o acusado lutava contra o processo, porém o cenário mudou quando ele se declarou culpado de matá-los. 

As vítimas foram atraídas por ele por meio de um chat. Ambos eram gays e, após conhecê-los, o assassino os seduziu, os drogou, torturou e os estuprou antes de matá-los. 

Embora o juiz Christopher Sabella tenha concordado em condenar Lorenzo à pena de morte, ele ressaltou que a sentença não foi tomada devido ao pedido do detento, mas sim pela observância da lei e o desejo dos parentes das vítimas, segundo informou o canal Fox13News. 

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!