acordo

EUA dizem que 3 americanos estão entre o reféns que serão libertados pelo Hamas

Acordo entre Israel e o grupo islamista prevê liberação de 50 cativos e quatro dias de trégua

Por Agência
Publicado em 22 de novembro de 2023 | 07:32
 
 
 
normal

Israel e Hamas anunciaram na madrugada desta quarta-feira (22) um acordo para a libertação de pelo menos 50 reféns em poder do grupo islamista em troca de presos palestinos e de uma trégua na Faixa de Gaza após semanas de guerra. Segundo a Casa Branca, três cidadãos americanos, entre eles um menino de três anos, estão entre os que serão libertados.

"O governo aprovou as linhas gerais do primeiro estágio de um acordo pelo qual pelo menos 50 pessoas sequestradas - mulheres e crianças - serão libertadas nos próximos quatro dias, durante os quais haverá uma pausa nos combates", disse o governo israelense em uma nota enviada à reportagem.

Antes da reunião do gabinete de ministros, que começou na noite de terça-feira (21), o premiê israelense Benjamin Netanyahu havia dito que aceitar o acordo é "uma decisão complicada, mas é uma decisão correta".

Seu gabinete estava sob pressão das famílias das quase 240 pessoas sequestradas pelo grupo islamista em seu ataque de 7 de outubro, que também deixou 1.200 mortos, a maioria civis, segundo as autoridades israelenses.

Desde então, Israel lançou uma ofensiva contra Gaza com o propósito de "aniquilar" o Hamas, que já deixou mais de 14.000 mortos neste território, vítimas dos bombardeios incessantes e das operações terrestres israelenses. (AFP) 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!