Guerra

França promete navios, ônibus e infraestrutura ferroviária à Ucrânia

Vice-ministro dos Transportes, Clément Beaune, visitou o país e pediu às empresas francesas que colaborem

Por Agências
Publicado em 23 de abril de 2023 | 13:36
 
 
 

O governo francês prometeu fornecer navios, ônibus e trilhos de trem para a Ucrânia, cuja infraestrutura de transporte foi seriamente danificada pela invasão russa. 

O vice-ministro dos Transportes, Clément Beaune, que concluiu neste domingo (23) uma visita de quatro dias à Ucrânia, apelou às empresas francesas, "a partir de agora", para "colaborar, principalmente no setor dos transportes". 

De acordo com o Ministério da Transição Ecológica da França, "as últimas avaliações estimam o custo da reconstrução da Ucrânia em 383 bilhões de euros", incluindo 83 bilhões apenas para infraestrutura de transporte. 

Beaune "tomou a iniciativa de reunir os dirigentes das principais empresas francesas do setor dos transportes no seu retorno à França para acelerar a sua mobilização para a Ucrânia", acrescentou o ministério em comunicado.

A França prometeu “doar navios” e contribuir com “a experiência técnica” do operador dos portos do rio Sena, “com o objetivo de aumentar as exportações de grãos”. 

Também enviará "ônibus adicionais para a Ucrânia para garantir o transporte escolar, além dos 30 veículos já entregues", segundo o comunicado. Também receberá 10 controladores de tráfego aéreo ucranianos para preparar a reabertura do céu ucraniano", disse o ministério. 

Paris prometeu "fornecer 20.000 toneladas de trilhos para a Ucrânia, reconstruir várias centenas de quilômetros de ferrovias" arruinadas por combates e bombardeios e "dez geradores elétricos adicionais de 1,5 tonelada". (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!