impacto

Greve no setor automotivo afeta produção industrial nos EUA em outubro

Produção industrial norte-americana sofreu uma contração de 0,6% em relação a setembro

Por Agências
Publicado em 16 de novembro de 2023 | 16:51
 
 
 

A greve nos três principais fabricantes de automóveis nos Estados Unidos atingiu a produção industrial do país em outubro, com uma contração de 0,6% em relação a setembro, segundo dados publicados pelo Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano), nesta quinta-feira (16).

Apenas a produção industrial contraiu 0,7%, em grande parte "pela queda de 10% da produção de veículos automotivos e de autopeças, afetada pelas greves em vários grandes fabricantes", destacou o Fed.

Os três maiores fabricantes de automóveis dos Estados Unidos - Ford, General Motors e Stellantis - foram afetados por uma inédita greve sincronizada de seis semanas desde o final de setembro. Excluindo-se o setor automotivo, a produção industrial apresenta um leve aumento de 0,1%.

Os outros dois componentes da produção industrial evoluíram em sentidos opostos. A produção de serviços públicos, como água, gás e luz, caiu 1,6% em relação a setembro, enquanto a produção mineira aumentou 0,4%. 

Em seu conjunto, a produção industrial diminuiu 0,7% na comparação com outubro de 2022.

(AFP)
                
 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!