Estados Unidos

Homem destrava saída de emergência em voo e ataca comissário com colher; vídeo

O incidente ocorreu no último domingo (5), a aeronave seguia de Los Angeles para Boston

Por O TEMPO
Publicado em 08 de março de 2023 | 11:55
 
 
 
normal

Um homem de 33 anos que estava em um voo da companhia aérea United Airlines, foi preso após ameaçar matar todos que estavam no avião e supostamente atacar um comissário de bordo com uma colher de metal quebrada . O incidente ocorreu no último domingo (5), a aeronave seguia de Los Angeles para Boston. 

O homem identificado como Francisco Severo Torres, de 33 anos, de Massachusetts, foi acusado de tentativa de interferência com a tripulação de um voo usando uma arma perigosa, de acordo com o procuradoria de Massachusetts.

Nas imagens divulgadas pelas redes sociais, o homem aparece gritando de seu assento durante um voo. Em seguida, ele se levanta, caminha em direção aos membros da tripulação e parece atacar um comissário de bordo. Minutos depois, vários passageiros correm em direção a ele para segurá-lo.

Lisa Olsen, que filmou o vídeo, disse à NBC Boston que Torres parecia estar "visivelmente chateado" e ameaçou que haveria um "banho de sangue".

Segundo a procuradoria, o incidente começou quando Torres tentou abrir uma porta de saída de emergência  cerca de 45 minutos antes da aterrissagem em Boston. Um comissário de bordo inspecionou a porta e notou que a maçaneta havia sido movida para a posição destravada.

Os comissários confrontaram Torres, que foi visto perto da porta, e informaram ao piloto que "acreditavam que Torres representava uma ameaça para a aeronave".

Logo depois, Torres supostamente atacou um comissário de bordo com uma colher de metal "na área do pescoço três vezes". Por fim,  "passageiros derrubam o homem e que foi contido com a ajuda da tripulação".

Em nota, a United informou que não foram registrados ferimentos significativos.

"Temos zero tolerância com qualquer tipo de violência em nossos voos, e esse cliente será proibido de voar na United enquanto corre a investigação", disse a companhia.

Se declarado culpado, Torres pode enfrentar uma sentença de prisão perpétua. ( Com AFP)

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!