França

Joalheria famosa de Paris é assaltada em mais de 10 milhões de euros

Loja Piaget fica no coração da capital francesa e foi invadida por um trio de bandidos na hora do almoço; pelo menos um deles estava armado

Por Agências
Publicado em 01 de agosto de 2023 | 14:43
 
 
 

A joalheria Piaget, na Rue de la Paix, coração de Paris, foi assaltada nesta terça-feira (1º), no horário de almoço, por três pessoas que fugiram. O roubo foi estimado entre 10 e 15 milhões de euros (entre R$ 52 e R$ 78 milhões), mas a relação de joias levadas ainda não foi divulgada.

De acordo com os primeiros elementos da investigação, o roubo aconteceu por volta das 13h locais (8h no horário de Brasília), e pelo menos um dos criminosos estava armado.

A quadrilha conseguiu fugir com as jpoias roubadas, e nenhuma pessoa foi ferida durante o assalto, segundo uma fonte da polícia.

Fundada na Suíça, a joalheria Piaget fica na Rue de la Paix, perto da Place Vendôme, área conhecida por ser endereço das mais prestigiadas marcas de relógios e joias de luxo.

A promotoria de Paris encaminhou à polícia judiciária uma investigação por assalto à mão armada em uma gangue organizada e sequestro em uma gangue organizada, indicou o promotor.

O último assalto à mão armada a uma joalheria de luxo em Paris aconteceu em 29 de abril, quando três indivíduos a bordo de duas motocicletas apareceram na joalheria Bulgari, na Place Vendôme, pouco antes das 14h. O prejuízo foi estimado em "vários milhões de dólares".

Em 2015, um outro roubo milionário afetou a joalheria Cartier, em Cannes, na Côte d'Azur, quando um assaltante disfarçado de idoso entrou na loja com uma submetralhadora. O criminoso permitiu que dois cúmplices entrassem, e o grupo levou um montante estimado em 17,5 milhões de euros (R$ 91,6 milhões).

O maior assalto da história contra uma joalheria na França ocorreu em dezembro de 2008, quando um grupo de homens armados, alguns deles disfarçados de mulheres, assaltaram a loja Harry Winston. Em 20 minutos, os assaltantes levaram 104 relógios e 297 joias avaliadas em cerca de 71 milhões de euros (R$ 265 milhões).

(AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!