Caos

Mais de 500 localidades ucranianas continuam sem energia elétrica

Autoridades ucranianas fizeram um apelo no sábado para que a população tente aguentar a deterioração das condições de vida

Por Agências
Publicado em 04 de dezembro de 2022 | 09:27
 
 
 

Mais de 500 localidades ucranianas continuavam sem energia elétrica neste domingo (4), após os bombardeios russos das últimas semanas que afetaram a infraestrutura de energia do país, informou o ministério do Interior. "O inimigo continua atacando as infraestruturas essenciais do país. Atualmente, 507 localidades de oito regiões de nosso país estão sem fornecimento de energia", declarou o vice-ministro do Interior, Yevgeniy Yenin. "A região de Kharkiv é a mais afetada, com 112 localidades isoladas. Nas regiões de Donetsk e Kherson mais de 90; na região de Mykolaiv 82; na região de Zaporizhzhia 76; na região de Lugansk 43", explicou.

As autoridades ucranianas fizeram um apelo no sábado para que a população tente "aguentar" a deterioração das condições de vida. "Temos que aguentar", afirmou o governador da região Mykolaiv (sul), Vitaliy Kim. Os ucranianos ficam sem energia elétrica e calefação por várias horas em um dia e as dificuldades são cada vez mais intensas, pois as temperaturas estão abaixo de zero há alguns dias.

A perspectiva de novos bombardeios russos contra a rede de energia ucraniana provoca o temor de um inverno especialmente complicado para a população e uma nova onda de civis em busca de refúgio fora do país. (AFP)

        

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!