NEGLIGÊNCIA

Menina de 5 anos é estuprada e assassinada após mãe expulsá-la de casa

A criança foi encontrada com ferimentos graves e levada ao hospital, onde faleceu

Por O Tempo
Publicado em 05 de outubro de 2023 | 20:37
 
 
 
normal

Uma terrível tragédia abalou o estado do Kansas, nos Estados Unidos: uma menina de apenas 5 anos, Zoey Felix, foi vítima de estupro e assassinada em um acampamento para moradores de rua em uma floresta. Segundo relatos, essa situação devastadora aconteceu depois que vizinhos afirmaram que a mãe da criança a expulsou de casa, juntamente com outros membros da família.

Zoey Felix foi encontrada com ferimentos graves em um posto de gasolina na segunda-feira (02/10), conforme informou o Departamento de Polícia de Topeka. Infelizmente, apesar dos esforços médicos, ela não resistiu e faleceu após ser levada para um hospital.

Mickel W. Cherry, um homem de 25 anos, foi preso na terça-feira (03/10) e enfrenta acusações de assassinato e estupro de uma vítima com menos de 14 anos, de acordo com informações locais do WBIW. Cherry está detido sob fiança de US$ 2 milhões e, de acordo com vizinhos, já morou na mesma casa que Zoey, juntamente com seu pai e irmã.

Vizinhos relataram que a mãe de Zoey a expulsou de casa aproximadamente duas semanas antes da tragédia, forçando a viver em um acampamento localizado a cerca de um quilômetro de distância. Zoey vivenciou uma vida tumultuada em casa, frequentemente sendo vista correndo sem supervisão por parte dos vizinhos, e infelizmente, não frequentava a escola.

A comunidade local se uniu para ajudar Zoey, garantindo que ela fosse alimentada, vestida e cuidada. No entanto, a triste realidade é que essa ajuda não foi suficiente para evitar a terrível tragédia que ocorreu.

Os vizinhos afirmam ter feito diversos relatórios ao Departamento para Crianças e Famílias do Kansas nas semanas que antecederam a morte de Zoey, mencionando as condições de vida deploráveis na casa da criança, que carecia de água corrente e estava em condições precárias.

No entanto, esses relatórios aparentemente não resultaram em ações efetivas por parte das autoridades. Os legisladores do estado do Kansas estão agora exigindo respostas do Departamento de Crianças e Famílias, enfatizando a necessidade de uma investigação profunda sobre o sistema que, alegadamente, falhou em proteger Zoey Felix.

Este triste episódio também revelou que a mãe de Zoey já havia se declarado culpada de agressão agravada em março, em um caso envolvendo uma criança nascida em 2018, identificada pelas iniciais "Z.F.". De acordo com a lei de Kansas, se uma criança morrer como resultado de abuso ou negligência, o DCF (Departamento para Crianças e Famílias) deve divulgar informações sobre relatórios anteriores de abuso sob a Lei de Registros Abertos.

(Com informações de NY Post)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!