Luto na Alemanha

Morre Traute Lafrenz, última sobrevivente da Rosa Branca, grupo antinazista

Anúncio foi feito pela Fundação do grupo, que contava com Hans e Sophie Scholl, estudantes pacifistas que distribuiam panfletos contra o III Reich

Por Agências
Publicado em 09 de março de 2023 | 18:22
 
 
 
normal

Traute Lafrenz, última sobrevivente do grupo alemão antinazista Rosa Branca, morreu aos 103 anos, anunciou, nesta quinta-feira (9), a Fundação deste grupo.

"Traute Lafrenz-Page morreu em 6 de março na Carolina do Sul. Ela completaria 104 anos em maio", anunciou a Fundação em nota.

Quando era uma jovem estudante de medicina, Traute Lafrenz foi próxima de Hans Scholl, um dos fundadores, juntamente com sua irmã, Sophie Scholl, deste grupo de estudantes pacifistas que difundiam em Munique panfletos contrários ao III Reich.

Traute Lafrenz foi quem informou às famílias sobre as detenções, em 18 de fevereiro de 1943, de Sophie e Hans Scholl, e do amigo deles, Christoph Probst.

Os três jovens foram condenados à morte em um processo célere e executados no fim de fevereiro de 1943.

Traute Lafrenz havia sido detida pela Gestapo e condenada a um ano de prisão por "cumplicidade". Após a guerra, ela emigrou para os Estados Unidos, onde terminou seus estudos de medicina.

Hans e Sophie Scholl se tornaram famosos na Alemanha por sua coragem e pelo tratamento cruel dispensado a eles pelo regime nazista. Atualmente, muitos estabelecimentos de ensino levam seus nomes em todo o país.

(AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!