NO VATICANO

Papa recebe refugiados que chegaram à Europa por corredores humanitários

Cerca de 6.000 migrantes participaram do encontro; corredores humanitários foram criados para oferecer uma alternativa à perigosa viagem pelo Mar Mediterrâneo

Por Agências
Publicado em 18 de março de 2023 | 14:16
 
 
 

O Papa Francisco deu as boas-vindas neste sábado (18) a milhares de refugiados que chegaram à Europa com a ajuda de organizações cristãs, reconhecendo as dificuldades do trajeto e celebrando o desejo dos migrantes de viverem "sem medo ou insegurança".

O pontífice de 86 anos também agradeceu às pessoas que ajudaram os refugiados a se estabelecerem em sua nova vida, dizendo que "o acolhimento é o primeiro passo para a paz".

"Estou feliz por encontrar tantos refugiados e suas famílias (...) cada um de vocês merece atenção pela dura história que têm vivido", disse o papa argentino. 

Cerca de 6.000 migrantes participaram do encontro.

Os corredores humanitários foram criados para oferecer uma alternativa à perigosa viagem pelo Mar Mediterrâneo.

Administrados por associações cristãs desde 2016, foram implementados pela Comunidade de Santo Egídio, na Itália, e posteriormente, se espalharam para a França e Bélgica.

Através de vistos emitidos pelos governos europeus para pessoas em situação de vulnerabilidade, as instituições voluntárias passam a atuar, principalmente, na chegada destes migrantes na continente europeu, fornecendo alojamento, acesso a cursos de idiomas e auxílio na solicitação de asilo.

A iniciativa beneficia cidadãos da Síria, Iraque, Afeganistão, Somália, Sudão do Sul, Líbia e Ucrânia, entre outros países. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!