Explosão

Policial da Polônia ganha armas da Ucrânia, 'presente' explode e fura até o chão

Chefe de polícia polonês recebeu dois lança-granadas com a garantia de que eles seriam seguros, segundo ele

Por Agências
Publicado em 17 de dezembro de 2022 | 16:30
 
 
 
normal

O chefe de polícia da Polônia, Jaroslaw Szymczyk, explicou neste sábado (17) que um "presente" que trouxe da Ucrânia e explodiu, causando-lhe ferimentos leves, era um lança-granadas antitanque. Nos dias 11 e 12 de dezembro, Szymczyk fez uma visita de trabalho à Ucrânia, onde se reuniu com funcionários da polícia e dos serviços de emergência do país. "O presente foi de um dos chefes dos serviços ucranianos", segundo o Ministério do Interior polonês. 

No sábado, o titular da polícia polonesa informou à rádio "RMF" que o presente em questão consistia em dois lança-granadas, um dos quais tinha o formato de um alto-falante. Szymczyk recebeu garantias de que as armas eram seguras, mas uma delas explodiu na quarta-feira, e lhe causou ferimentos leves.

Ainda não se sabe o que causou a detonação do armamento. "A explosão foi forte, fez um buraco no chão e danificou o teto", detalhou Szymczyk. Uma investigação está em andamento para determinar a responsabilidade pelo incidente.

(AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!