ASTRONOMIA

Primeira superlua de agosto acontece nesta terça; veja onde assisti-la

Superluas são as maiores e mais brilhantes luas cheias que conseguimos ver no nosso planeta

Por O Tempo
Publicado em 31 de julho de 2023 | 20:19
 
 
 
normal

A superlua é um dos eventos mais aguardados por apreciadores de eventos visuais astronômicos e ocorre nesta terça-feira (1º) em todo o mundo. O fenômeno sempre rende sempre diversas fotografias bonitas, que são compartilhadas pelas redes sociais. 

De acordo com a Dra. Josina Nascimento, astrônoma do Observatório Nacional, o fenômeno poderá ser visto em todas as partes do mundo desde que não haja nenhuma interferência climática. A superlua nascerá neste 1 de agosto de 2023 às 17h38 (horário de Brasília) e irá se por no dia seguinte, 2 de agosto de 2023, à 7h31. 

Como ver a superlua?

  • Basta olhar para cima e tentar avistá-la. Não será necessário nenhum equipamento específico, como telescópio. 
  • Resumidamente, se você estiver conseguindo olhar para a Lua, em qualquer horário, você estará vendo a superlua.
  • Para ver a superlua de maneira precisa é preciso que o céu esteja limpo. Por isso, se chover muito ou muitas nuvens se formarem, poderá haver interferência na visibilidade. 

O que é a superlua?

Em resumo, as superluas são as maiores e mais brilhantes luas cheias que conseguimos ver no nosso planeta. E quando falamos que a Lua estará mais perto de nós, do quão próximo estamos falando? A distância média entre a Terra e a Lua é de cerca de 380 mil km. No apogeu, o ponto mais afastado, ela chega a estar a mais de 405 mil km de distância (quando a Lua cheia ocorre durante o apogeu, temos uma "minilua"). (Com informações de Tudo Celular)

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!