guerra

Rússia denuncia aumento de disparos ucranianos contra seu território

O Serviço Federal de Segurança da Rússia, FSB, denunciou neste domingo (9) um aumento considerável de disparos contra o território russo, provocando uma morte e pelo menos cinco feridos.

Por Agências
Publicado em 09 de outubro de 2022 | 14:58
 
 
 

O Serviço Federal de Segurança da Rússia, FSB, denunciou neste domingo (9) um "aumento considerável" de disparos ucranianos contra o território russo perto da fronteira entre os dois países, que deixaram um morto e cinco feridos na última semana.

"Desde o início de outubro, o número de ataques de formações armadas ucranianas contra os territórios fronteiriços da Rússia aumentou consideravelmente", assinalou o FSB, que também é responsável pelo controle de fronteiras, em comunicado.

Os ataques se concentram sobretudo na província (oblast) russa de Belgorod, que faz divisa com Kharkiv, na Ucrânia, onde as tropas de Kiev reconquistaram milhares de quilômetros quadrados de território desde o início de setembro. Também foram atingidas as províncias russas de Briansk e Kursk, segundo o FSB.

"Na última semana, foram registrados mais de 100 bombardeios contra 32 localidades, nos quais foram utilizados múltiplos sistemas de lança-foguetes, artilharia, morteiros e aviões não tripulados [drones]", detalhou o serviço de segurança.

Segundo essa mesma fonte, "um morador local morreu e cinco pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança", no bombardeio ucraniano, que também destruiu duas estações de energia, 11 edifícios residenciais e dois edifícios administrativos. Além disso, oito postos de controle fronteiriço foram danificados, segundo o FSB.

Por sua vez, o governador do oblast de Kursk, Roman Starovoit, acusou neste domingo as forças ucranianas de bombardear o mosteiro de Gornalsky São Nicolau Belogorsky, situado na fronteira entre Rússia e Ucrânia.

"Não houve vítimas. Um dos morteiros atingiu o edifício [dos monges]. O fogo foi apagado rapidamente", escreveu Starovoit no Telegram, em uma mensagem acompanhada de fotos do telhado e das paredes com danos aparentes.

(AGP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!