Transporte de valores

Suposta tentativa de roubo termina com 18 pessoas mortas na África do Sul

Vítimas eram suspeitas de planejar um assalto a um caminhão que transportava dinheiro

Por Agências
Publicado em 01 de setembro de 2023 | 15:37
 
 
 

A polícia sul-africana matou 18 pessoas durante um tiroteio na província de Limpopo, no nordeste do país. Os falecidos eram suspeitos de planejar um assalto a um caminhão de transporte de valores.

"Assim que a polícia se aproximou (...), o grupo de suspeitos começou a atirar, e a polícia contra-atacou. Dezesseis homens e duas mulheres foram declarados mortos no local", afirmou a polícia sul-africana em um comunicado.

O tiroteio durou aproximadamente 90 minutos e também deixou um agente "gravemente ferido", detalhou à imprensa o delegado-geral da força, Fannie Masemol, em Makhado, 400 km a nordeste de Johannesburgo.

A polícia monitorava a movimentação dos suspeitos há alguns dias, depois de ter iniciado uma investigação em janeiro com a ajuda da unidade de inteligência do país.

"Nossa intenção era detê-los antes que saíssem para cometer o crime", disse Masemola.

Os ataques a carros-forte são habituais na África do Sul, que tem uma das taxas de criminalidade mais altas do mundo.

No ano passado, dez suspeitos morreram em outro tiroteio com a polícia depois que abriram fogo contra um helicóptero da força de ordem e feriram um dos pilotos.

O ministro da Polícia, Bheki Cele, afirmou, em maio, que os roubos de dinheiro em espécie tiveram um "aumento persistente" de mais de 20%, com 64 denúncias nos três primeiros meses do ano. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!