beleza na velhice

Tatuadora indígena de 106 anos estampa capa da Vogue; veja fotos

Com isso, se tornou a mulher mais velha a estrelar a capa da revista de moda e estilo de vida

Por O TEMPO
Publicado em 04 de abril de 2023 | 10:26
 
 
 
normal

A tatuadora indígena Apo Whang-Od, de 106 anos, estampa, neste mês, a capa da Vogue, das Filipinas. Com isso, se tornou a mulher mais velha a estrelar a capa da revista de moda e estilo de vida. 

Veja fotos:

Ela foi homenageada pela edição por tornar viva a forma de arte conhecida como batok, tatuagem indígena que perdura ao longo dos séculos. “Aclamada como a última mambabatok de sua geração, ela imprimiu os símbolos da tribo Kalinga - que significa força, bravura e beleza - na pele de milhares de pessoas que fizeram a peregrinação a Buscalan”, escreveu a revista ao divulgar a capa.

Mesmo aos 106 anos, Apo continua tatuando e disse que continuará a exercer a prática até que não consiga enxergar bem. “A capa perfeita para um problema de beleza. Beleza no envelhecimento. Beleza na cultura. Beleza em ser filipino. Obrigado por esta capa, Vogue Filipinas”, escreveu uma pessoa. “Melhor capa de todos os tempos… isso é beleza!”, publicou outra.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!