Karachi

Tumulto deixa 11 mortos no Paquistão

Seis mulheres, três crianças e dois homens morreram após uma multidão invadir uma fábrica onde eram distribuídas doações do Ramadã

Por Agências
Publicado em 01 de abril de 2023 | 13:10
 
 
 
normal

Um tumulto em Karachi, no sul do Paquistão, matou 11 pessoas na sexta-feira (31). A polícia informou que o incidente aconteceu após uma multidão invadir uma fábrica onde eram distribuídas doações do Ramadã - mês no qual o Islã prescreve o jejum diurno para os religiosos.

Houve um movimento de pânico e "as pessoas começaram a correr", contou Fida Janwari, policial da cidade de Baldia, no oeste de Karachi.

"Quando abriram a porta principal, todos correram para dentro", acrescentou Fatima Noor, 22, cuja irmã foi morta no tumulto.

Um responsável pela administração local indicou que existiam entre 600 e 700 pessoas no complexo industrial.

Os corpos de seis mulheres e três crianças foram levados para o hospital público Abasi Shaheed, segundo o porta-voz Muhamad Farrauj.

Um responsável pela associação Rescue informou à AFP que outros dois corpos haviam sido transportados para outro hospital. O cirurgião da polícia, Summaiya Syed Tariq, confirmou na noite de sexta-feira o total de 11 mortos.

O responsável da polícia destacou que três funcionários da empresa foram presos por não informar as forças armadas sobre a distribuição, o que impediu a implementação de medidas adequadas para o controle de multidões.

O Paquistão sofre uma grave crise econômica e os preços dos produtos alimentícios aumentaram consideravelmente.

Uma pessoa foi morta em outro tumulto no primeiro dia do Ramadã, na semana passada. (AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!