Tensão

Vídeo: crianças presas em teleférico no Paquistão começam a ser resgatadas

Oito pessoas ficaram presas em carro suspenso por um único cabo

Por Agências
Publicado em 22 de agosto de 2023 | 12:48
 
 
 

Pelo menos duas crianças foram resgatadas pela operação montada no Paquistão para resgatar as pessoas que ficaram presas na manhã desta terça-feira (22/08) após o cabo do teleférico onde estavam arrebentar, a quase 300 metros de altura sobre um cânion. É possível que mais tenham sido socorridas, mas a informação ainda não foi confirmada por meios oficiais. Assista ao vídeo de um dos resgates:

As crianças foram resgatadas em uma "operação de içamento", coordenada pelo exército paquistanês. Helicópteros militares tentam se aproximar da cabine com soldados pendurados em cordas, segundo apurou a Sky News.

A informação foi confirmada no Twitter pelo jornalista Chaudhary Parvez, do National News Channel, que há pouco publicou que a quinta criança havia sido resgatada, mas sem confirmação de fontes oficiais.

As demais pessoas continuam presas no teleférico e os esforços de resgate são considerados "extremamente arriscados". Trabalhadores de emergência usando um helicóptero tentavam libertar as pessoas que ficaram presas no ar desde que um cabo se rompeu, por volta das 7h manhã desta terça-feira (horário local).

As crianças estavam usando o teleférico para ir à escola, que fica em uma região montanhosa do país. O cabo do teleférico se rompeu e as tentativas de conserto foram malsucedidas.

O teleférico atravessa um rio e conecta vilarejos no distrito de Battagram, na província de Khyber Pakhtunkhwa, sendo usado pelos moradores locais para encurtar a distância até escolas e escritórios governamentais.

O primeiro-ministro interino do Paquistão, Anwar-ul-Haq Kakar, ordenou o envio de um helicóptero ao local para tentar resgatar as pessoas do teleférico. Ele também ordenou uma verificação da segurança de todos os teleféricos privados do país Tropas especiais treinadas em operações de içamento estão envolvidas na operação de resgate.

O resgate é complicado devido aos ventos fortes na área e ao risco de desestabilização do teleférico pelas pás do helicóptero. Imagens mostram o compartimento do teleférico pendurado sobre o cânion e inclinado para um lado.

(Folhapress)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!