apelo

Zelensky pede ao G7 mais armas e gás para a Ucrânia

O terror contra nossas centrais elétricas fez com que utilizássemos mais gás do que o previsto, disse presidente ucraniano

Por Agências
Publicado em 12 de dezembro de 2022 | 17:47
 
 
 
normal

O presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky, instou os países do G7 a entregarem mais armas e a fornecerem gás à Ucrânia, que enfrenta a chegada do inverno boreal com uma infraestrutura bastante afetada por ataques russos.

"A Ucrânia precisa de tanques modernos [...] artilharia, canhões e obuses", além de mísseis de longo alcance, elencou Zelensky aos países do G7 em uma reunião por videoconferência, segundo declarações difundidas pela Presidência ucraniana.

Além disso, o líder ucraniano queixou-se da vantagem militar da Rússia em termos de artilharia e de mísseis. "É um fato", afirmou Zelensky.

O presidente ucraniano também destacou que seu país vai precisar de mais gás neste inverno boreal devido aos ataques contra sua infraestrutura energética.

"O terror contra nossas centrais elétricas fez com que utilizássemos mais gás do que o previsto. Por isso, precisamos de ajuda adicional neste inverno. Estamos falando de um volume extra de cerca de 2 bilhões de metros cúbicos de gás, que devem ser comprados", declarou.

Zelensky também propôs a realização de uma cúpula global para garantir a segurança e a integridade territorial da Ucrânia.

(AFP)
 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!