O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Estatísticas

A cada dois casamentos, Betim registra um divórcio

Segundo o IBGE, no ano passado, 1.198 casais decidiram por um ponto final – e oficial – em seu enlace, enquanto que 2.303 novas uniões foram oficializadas no município

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
CIDADES10-2.jpg
Número de casais que separaram cresceu 25,31% em 2017, e número de casamentos caiu 6,5%
PUBLICADO EM 08/11/18 - 21h55

Em 2017, ano em que a lei do divórcio completou 40 anos no Brasil, Betim teve uma separação para cada dois novos casamentos registrados. Foram 1.198 casais que decidiram por um ponto final – e oficial – em seu enlace, enquanto que 2.303 novas uniões foram oficializadas no município. Na comparação com 2016, o número de casais que oficializaram a dissolução da união cresceu 25,31%. Em 2017, foram registrados 1.198 divórcios, contra 956, no ano anterior.

Os dados fazem parte das Estatísticas de Registro Civil, levantamento referente a 2017, e foram divulgados no dia 31 de outubro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa é resultado da coleta das informações prestadas pelos cartórios de registro civil de pessoas naturais, varas de família, foros ou varas cíveis e os tabelionatos de notas. 

A dissolução da união do publicitário Marcelo Dias* faz parte dessas estatísticas. Menos de dois anos depois de se casar, ele e a ex-mulher procuraram um advogado para oficializar o divórcio. “Foi uma separação bem amigável. Como temos um filho de três anos, decidimos pela guarda compartilhada. Ele fica comigo aos fins de semana, de 15 em 15 dias, e todas as quartas-feiras”. 

Para o publicitário, o aumento do acesso à informação da população desmitificou o divórcio no país, o que justifica esse aumento. “Antes, a separação era vista como demorada e onerosa. Confesso que eu pensava assim. Hoje, depois do meu divórcio, percebi que essa questão se desburocratizou no Brasil”, disse.

A advogada especialista em direito civil Letícia Ateniense concorda. “Hoje, se o casal não tem filhos menores, pode fazer a dissolução da união em um cartório. Além disso, com a implementação do processo eletrônico, os pedidos de divórcio estão muito mais ágeis”, reforçou.

Casamentos

Na contramão do divórcio, o número de casais de Betim que decidiram oficializar a relação caiu 6,5% em um ano. Em 2017, foram registrados 2.303 casamentos na cidade, enquanto que, no ano anterior, foram 2.462. 

Já a oficialização do compromisso entre pessoas do mesmo sexo registrou uma queda maior: 25%, saindo de oito, em 2016, para seis, no ano passado.

O casal Núbia Daniele Barros, 39, e André Barros, 37, contrariam as estatísticas do IBGE. Casados há 10 anos e juntos há 13 anos, eles creditam o sucesso do casamento a fórmula “respeito, companherismo e tolerância”. “Para o casamento durar, as pessoas não podem pensar só no próprio interesse”, defendeu. 

Guarda compartilhada

Com o número de divórcios em ascensão, os pedidos de guarda compartilhada, em que a responsabilidade sobre a criança ou adolescente é dividida entre pai e mãe, também aumentou em Betim em um ano. Segundo o IBGE, houveram 667 solicitações, em 2017, contra 488, no ano anterior – aumento de 36,65%. 

Desse total, as decisões judiciais para compartilhamento de guarda dos filhos menores cresceram 17,10%, de 2016 para 2017. Pai e mãe dividiram a responsabilidade de cuidar das crianças em 89 casos, no ano passado, contra 76, em 2016.

“A guarda compartilhada proporciona que pai e mãe convivam e participem da educação da criança, o que é benéfico para ambos, tanto emocional como financeiramente”, afirmou a advogada Letícia Ateniense.

Embora tenha tido um crescimento da concessão de guarda compartilhada, a justiça ainda privilegia a mãe como responsável pela criação dos filhos após o divórcio. No ano passado, elas saíram vitoriosas em 546 processos, enquanto que os homens receberam a guarda dos filhos em 27 casos na cidade. 

*Nome fictício
 

O que achou deste artigo?
Fechar

Estatísticas

A cada dois casamentos, Betim registra um divórcio
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter