O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Investimento

Betim começa a abrir leitos para tratar pacientes com coronavírus

Prefeitura já investiu R$ 2,5 milhões em equipamentos e teve plano de enfrentamento à pandemia aprovado pelo governo do Estado; dos 170 leitos previstos, 30 serão abertos ainda nessa semana no Hospital Regional

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Investimento
Leito que está sendo montado para tratar pacientes com coronavírus; Prefeitura de Betim investiu R$ 2,5 milhões em equipamentos
PUBLICADO EM 25/03/20 - 18h44

A Prefeitura de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, começou a colocar em prática, nesta semana, o plano de enfrentamento ao coronavírus. Na última terça-feira (24), o prefeito Vittorio Medioli anunciou, por meio das redes sociais, a abertura de mais 170 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no município de Betim, compra de novos equipamentos e insumos, além da contratação de mais profissionais de saúde

Segundo a prefeitura, o plano geral de assistência hospitalar do município, que já tinha sido apresentado ao governo do Estado, teve a aprovação da secretaria estadual de saúde.

De acordo com o prefeito Vittorio Medioli, a partir da autorização do governo estadual, o município contratou uma Organização Social – o Instituto Brasileiro De Desenvolvimento Social (IBDS) – que vai fazer a gestão de todo o atendimento médico hospitalar referente à pandemia.

Segundo o coordenador do Centro de Enfrentamento da Pandemia do Coronavirus – CEPAC/Betim e secretário adjunto de Gestão da Saúde de Betim, Augusto Viana, de forma imediata, serão abertos 30 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no quarto andar do Hospital Regional de Betim para tratamento de pacientes com coronavírus ainda nesta semana. “Estamos estruturando, de imediato, esse andar do Hospital Regional de Betim para instalação de 30 leitos de UTI, até que as obras necessárias no centro materno-infantil sejam concluídas” esclareceu o secretário.

O gestor ainda explicou que, além desses 30 que serão abertos no Hospital Regional, outros 50 devem ser criados no centro materno-infantil até a próxima semana para tratar pacientes com coronavírus. “Definimos também o fluxo de atendimento, que começará nas unidades básicas de saúde (UBSs)  e nas unidades de pronto-atendimento (UPAs), que serão os locais para onde irá o paciente que passar mal. De lá, esses pacientes serão encaminhados para um clube da cidade, com o qual estamos firmando uma parceria, onde serão montados outros 120 leitos. Os casos graves serão levados para esse andar do Hospital Regional, onde teremos esses 30 leitos de CTI, e para o centro materno-infantil, que começará com 30 leitos até chegar aos 170 previstos. O governo do Estado já referendou esse plano de atendimento e nos repassará o recurso”, explicou.

O secretário ainda completou: “Betim, mesmo com todas as dificuldades, sai na frente de muitos municípios por já  estar colocando esse plano em prática”.

Insumos

Nesta semana, a Secretaria Municipal de Saúde concluiu também a aquisição de R$ 1 milhão em insumos e equipamentos de segurança para os profissionais de saúde, como máscaras luvas, jalecos e toucas. Além disso, foram investidos  R$ 2,5 milhões de recursos próprios em equipamentos para instalação das unidades de terapia intensiva. “Conseguimos adquirir vários equipamentos de ponta, como respiradores e monitores. Todos estes investimentos são iniciais, dado o cenário que Betim apresenta atualmente com poucos pacientes, além da dificuldade de encontrar fornecedores com capacidade de entrega das compras”, destacou Augusto Viana.

Contratação

Para atuar no Centro Especializado em Covid-19 de Betim (Cecovid-Betim), o Instituto Brasileiro De Desenvolvimento Social (IBDS) está realizando a contratação emergencial de profissionais de saúde. “Ao todo, são 92 vagas disponíveis para os cargos de técnico de enfermagem, enfermeiro, agente administrativo, fisioterapeuta, psicólogo, assistente social, farmacêutico e auxiliar de farmácia”, informou a Prefeitura de Betim.

Ainda de acordo com o município, os interessados podem enviar currículo com telefone de contato e e-mail para o endereço eletrônico: seleção.cecovidbetim@gmail.com até o próximo domingo (29). Para se candidatar às vagas, é indicado ter experiência em terapia intensiva ou em atendimentos de urgência e emergência. A carga horária será de 44 horas semanais e a remuneração varia entre R$ 2.000,00 e R$ 7.000,00.

Telecovid

Nesta quarta-feira, a prefeitura também inaugurou o um canal de orientação por telefone para a população e também para profissionais da saúde, o TeleCovid Betim.

A central de atendimento é a primeira na rede pública do Estado com orientação médica. O atendimento está sendo realizado durante 24 horas, todos os dias da semana, por uma equipe multiprofissional da saúde. O número para atendimento é (31) 3512-4992. Ao todo, serão dez linhas disponíveis para informar sobre a doença, como medidas de precaução e qual unidade de saúde procurar caso a pessoa apresente os sintomas.

Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Investimento

Betim começa a abrir leitos para tratar pacientes com coronavírus
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View