O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Covid-19

Betim faz plano emergencial com doação de 120 mil litros de álcool

Prefeito também vai abrir 170 leitos para desafogar sistema de saúde da cidade

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Ação
Centro Materno Infantil, que está em construção, abrigará 170 leitos para combate ao Covid-19
PUBLICADO EM 22/03/20 - 22h11

A Prefeitura de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, anunciou ontem uma verdadeira operação de guerra para conter o alastramento do coronavírus na cidade. O prefeito Vittorio Medioli (sem partido), após se reunir o dia inteiro com profissionais da saúde e verificar os locais de atendimento de emergência, decidiu colocar em prática o Plano Emergencial de Combate à Pandemia (PECPa). 

Dentre as ações anunciadas, o prefeito pretende distribuir cerca de 120 mil litros de álcool líquido a 70% para os moradores da cidade. Segundo ele mesmo explica, essa quantidade de álcool será fracionada em partes de, no máximo, 300 mL. Ao todo, serão usados 360 mil frascos. A distribuição começa imediatamente hoje, em regime de urgência. A Prefeitura de Betim imagina poder entregar 5.000 litros para a população mais carente da cidade, que não tem condições de arcar com a compra desse produto. Toda essa quantidade de álcool será doada pela Sada Bioenergia, uma das empresas de Medioli, sediada em Jaíba, no Norte do Estado. 

Já o envasamento desse conteúdo terá a ajuda da Fazenda Vale Verde, que produz aguardente na região de Vianópolis, em Betim. “A população poderá usar esse produto para higienizar a casa e também as mãos. Não se trata de álcool em gel, mas dessa substância pura em estado líquido. Por isso, juntamente com os frascos, vamos orientar a população para tomar cuidado, pois é um produto inflamável”. Além de ajudar no controle da epidemia, a distribuição, que será feita de casa em casa, pretende forçar uma baixa no valor do produto, que chega a ser vendido por preços até 400% mais altos que seu custo inicial.


Leitos

Além da distribuição de álcool líquido, Vittorio Medioli anunciou a montagem de 170 leitos destinados a pacientes que se tornarem vítimas do coronavírus. Uma Central de Tratamento Intensivo será montada no Centro Materno-Infantil de Betim, que está sendo construído ao lado do Hospital Regional. 

De acordo com o prefeito, os 50 primeiros leitos estarão disponíveis para a população já no dia 30 de março. “A partir de quarta-feira, estaremos montando respiradores, monitores e os leitos no primeiro andar do Centro Materno-Infantil. A montagem começará na quarta, dia 26, e no dia 30 já teremos 50 unidades preparadas”, explicou.

Outros 120 leitos vão ocupar três andares desse mesmo centro materno e deverão ser concluídos em, no máximo, 30 dias. 

Para conseguir colocar em prática todo esse plano, a Prefeitura de Betim realiza um contrato emergencial, com validade de 120 dias, prorrogáveis por tempo indeterminado. O plano também conta com retaguarda financeira do governo do Estado. “Estamos fazendo de tudo para enfrentar esse terrível vírus. Não vamos medir esforços para poupar vidas e conseguir o mínimo de atendimento para a população”, conclui o prefeito Vittorio Medioli.

Máscaras furtadas

Mais de 5.000 máscaras cirúrgicas foram furtadas do Hospital Regional de Betim. Imagens da câmera de segurança da unidade flagraram uma pessoa transitando pelo andar térreo do hospital com uma sacola em atitude suspeita. O material já foi encaminhado para as autoridades de segurança da cidade, que vão investigar o caso. A direção do hospital ainda não pode afirmar se se trata de uma funcionária. 

Mesmo diante do furto, a direção da unidade informa que tem equipamentos de proteção individual, os chamados EPIs, suficientes para todos os profissionais que trabalham no hospital. 

A diretora da instituição, Patrícia Evangelista, ainda explicou que a distribuição desses materiais está sendo feita regularmente, de forma racional, para que esses materiais não faltem durante o pico mais alto da pandemia, previsto para os próximos dias. 

Já o secretário municipal de Saúde, Guilherme Carvalho, ressaltou que Betim ainda não tem nenhum caso confirmado da doença, mas investiga 161 suspeitas. 

Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Covid-19

Betim faz plano emergencial com doação de 120 mil litros de álcool
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (2)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View