O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Betim

Campanha de vacinação contra a gripe termina terça (30) e baixa adesão preocupa

Cobertura geral no município está em 79,89%; Secretaria Municipal de Saúde pede que grupos prioritários busquem se imunizar

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Vacina gripe
Pessoas dos grupos prioritários que ainda não se imunizaram devem procurar as Unidades Básicas de Saúde
PUBLICADO EM 26/06/20 - 11h35

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe termina na próxima terça-feira (30), e a baixa adesão dos públicos prioritários acende o alerta da Prefeitura de Betim, na região metropolitana de BH.

Até quinta-feira (25), dados da Central de Vacinas da Vigilância em Saúde mostraram que a cobertura geral no município está em 79,89%. Porém, a meta é imunizar, até o final da campanha, no mínimo, 90% de todo o público prioritário.  Dentre as menores coberturas vacinais, estão os adultos de 55 a 59 anos, com 39,24%; as gestantes, com 41,91%; as crianças, com 48,08% e as puérperas, com 57,24%.  

Mesmo diante da pandemia do novo coronavírus, os órgãos de saúde recomendam que o calendário de vacinas seja seguido e, embora não tenha eficácia contra a Covid-19, a vacina contra a Influenza pode auxiliar no diagnóstico dos pacientes e também resguardar o sistema imunológico.

Por isso, é importante que as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários e ainda não se vacinaram procurem as  Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Para receber a dose é necessário levar um documento de identificação e o cartão de vacinação. Para os professores e outras categorias profissionais, é também exigindo que apresentem documento que comprove o vínculo profissional. 

De acordo com a referência técnica em imunização do município, Úrsula Rodrigues, a pandemia tem gerado impacto negativo na cobertura vacinal.  "Muitas pessoas têm medo de ir aos postos de saúde devido ao risco de contágio da Covid-19, maas ressaltamos que os profissionais estão orientados e todas as medidas de segurança e proteção são tomadas para evitar infecções. A vacina é fundamental para a prevenção da Influenza, doença que também pode provocar complicações graves e até a morte. Além de proteger contra a gripe, a vacina auxilia a triagem correta dos pacientes para acelerar um eventual diagnóstico de Covid-19", afirma.
 
Grupos prioritários
São integrantes dos grupos prioritários as pessoas com mais de 60 anos de idade, os trabalhadores da área da saúde, portadores de doenças crônicas, os profissionais das forças de segurança e salvamento, os funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade, além de adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

Os caminhoneiros, os profissionais do transporte coletivo (motoristas e cobradores) e o os trabalhadores portuários também têm direito à vacinação gratuita, além das crianças de seis meses a menores de seis anos de idade (cinco anos, 11 meses e 29 dias), as pessoas com deficiência, as gestantes e as puérperas (mulheres até 45 dias pós-parto), os professores e os adultos de 55 a 59 anos de idade.
 

Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Betim

Campanha de vacinação contra a gripe termina terça (30) e baixa adesão preocupa
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View