O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Auxílio

Educação infantil começa a receber os kits-alimentação

Após mais de 42 mil estudantes do ensino fundamental, segunda fase da entrega dos itens beneficiará quase 16 mil alunos da educação infantil, entre creches e CMIs

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Etapa. Segunda fase da distribuição está ocorrendo nas 93 unidades de educação infantil da cidade
Etapa. Segunda fase da distribuição está ocorrendo nas 93 unidades de educação infantil da cidade
PUBLICADO EM 30/07/20 - 21h53

Depois de ter o salário reduzido por ter sido afastada do trabalho por causa da pandemia, Juliana Nunes de Araújo, 32, que mora de aluguel com seu filho de 3 anos, disse que o kit de alimentação entregue a ela nesta semana pela Prefeitura de Betim veio em boa hora. “Ele está ajudando muitas famílias que estão passando dificuldade por causa da Covid-19”, afirmou a mãe. 

O estudante é um dos quase 16 mil alunos matriculados nos centros infantis e nas unidades parceiras que estão recebendo, desde a última quinta (30), os 12 itens do kit alimentação oferecidos pela atual administração. 

No total, mais de 59 mil estudantes betinenses serão beneficiados com o auxílio concedido pela prefeitura, que busca oferecer ajuda às famílias dos alunos da rede neste período em que eles estão sem acesso às aulas e sem merenda escolar por causa da pandemia.

Na primeira fase da entrega, a prefeitura disponibilizou mais de 42 mil kits aos estudantes do ensino fundamental. Agora, assim como ocorreu na primeira etapa, a distribuição dos itens continua sendo feita nas instituições em um cronograma dividido por regionais. 

Nesta sexta (31) e sábado (1º), das 9h às 16h, a entrega está sendo feita nas regionais Icaivera, Petrovale, Citrolândia, Vianópolis, PTB, Teresópolis, Norte e Centro. Já nas regionais Alterosas e Imbiruçu, a distribuição acontece na sexta (31), no sábado (1º), e, na segunda-feira (3), também, das 9h às 16h. 

“Serão três dias de entrega nas 93 unidades de educação infantil. Então, pedimos que as pessoas tenham tranquilidade, usem a máscara, mantenham o distanciamento e façam a higienização da mãos. Cada aluno tem direito ao kit de alimentação, então, não precisa correr”, salientou a secretária municipal da Educação, Marilene Pimenta.

No ato da entrega, pais ou responsáveis devem apresentar um documento de identificação com foto e assinar de modo legível uma lista que comprova que eles receberam o benefício. Não é preciso fazer um cadastro prévio, e cada família tem direito a receber um kit por aluno. “Na creche em que meu filho estuda, marcaram para entregar os kits com um intervalo de 20 minutos entre os pais. Os profissionais estavam usando máscara e, quando os pais entravam, tinham que passar álcool nas mãos e verificar a temperatura”, contou Juliana de Araújo.

Conteúdo
Cada kit conta com 12 itens alimentícios, sendo 3 quilos de arroz, 2 quilos de açúcar, 1 quilo de farinha de trigo, 900 ml de óleo, 2 quilos de canjiquinha, 1,5 quilo de macarrão, 400 g biscoito maisena, 1 quilo de sal, 2 quilos de feijão e 125 g de sardinha.

Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Auxílio

Educação infantil começa a receber os kits-alimentação
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View