O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Trânsito

Estacionar em local proibido gera 8.060 infrações em Betim neste ano

Multa para quem desrespeita a lei pode chegar a R$ 293,47, com 7 pontos na CNH

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Cresceu
Na comparação com janeiro a outubro de 2018, houve aumento de 48,7 neste tipo de infração
PUBLICADO EM 07/11/19 - 19h26

Nos dez primeiros meses deste ano, 8.060 motoristas receberam infrações por estacionar em local proibido, segundo levantamento feito pela Diretoria de Transporte e Trânsito (Transbetim/Ecos) – um aumento de 48,7% em relação ao mesmo período no ano passado, quando foram registradas 5.417 autuações do mesmo tipo na cidade. 

Em segundo lugar no ranking do descumprimento à legislação de trânsito, aparece o não uso do cinto de segurança, com 1.493 infrações de janeiro a outubro deste ano, 800% a mais do que a mesma época, em 2019, quando foram 166 autuações do tipo.

O terceiro colocado, conforme o levantamento, foi o avanço de sinal, que contabilizou um aumento de 118% nas autuações em um ano, sendo 326, de janeiro a outubro de 2019, contra 149, no mesmo período do ano passado.

Pessoas que têm direito a vagas preferenciais, como é o caso de idosos e deficientes, reclamam da falta de educação e do desrespeito de muitos motoristas. “As vagas de estacionamento preferencial são muito importantes e, hoje, diante das nossas necessidades, sentimos o quanto a conscientização é importante. Tanto minha mãe, deficiente física, quanto meu pai, idoso, necessitam diariamente utilizar essas vagas e constantemente nos deparamos com pessoas que não têm a preferência estacionadas nas vagas, o que dificulta a locomoção”, reclamou a betinense Patricia Carvalho, 41.

O caminhoneiro Gustavo Oliveira, 28, enfrenta a mesma situação quando precisa estacionar no centro da cidade para fazer entregas. “As pessoas desrespeitam a proibição de estacionar em locais de ponto de embarque e desembarque a acabam prejudicando nós, trabalhadores”.

Para fazer valer a legislação de trânsito, a Transbetim busca conscientizar e informar os motoristas e pedestres sobre as boas condutas e responsabilidades no trânsito. “Para isso, investimos em campanhas, como o ‘Maio Amarelo’, e em blitze educativas e punitivas, que ocorrem ao longo do ano. É dever da Transbetim regulamentar e informar sobre as questões relacionadas ao trânsito, mas cabe a cada cidadão fazer a sua parte para um trânsito melhor”, disse a diretora executiva da TransBetim, Vânia Elias.

Além de prejudicar quem realmente precisa, ao estacionar em um local indevido, o motorista pode cometer infrações médias e até gravíssima. A multa, nesse último caso, é de R$ 293,47, e o infrator pode perder sete pontos na CNH, além de ter o seu veículo removido do local.

O que achou deste artigo?
Fechar

Trânsito

Estacionar em local proibido gera 8.060 infrações em Betim neste ano
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter