O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Guarda Municipal

Ex-delegado critica escolha de Sapori após demissão

Luis Flávio Sapori começou a fazer mudanças na estrutura da Guarda Municipal

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Desentendimento
João Bosco saiu após nomeação de Flávio Sapori
PUBLICADO EM 26/02/15 - 20h34

Três semanas após assumir a recém-criada Secretaria Municipal de Segurança Pública, fruto de um acordo político do prefeito Carlaile Pedrosa (PSDB) com a cúpula do PSDB estadual, o sociólogo Luis Flávio Sapori começou a fazer mudanças na estrutura da Guarda Municipal.
Segundo informações da própria corporação, Sapori demitiu o ex-delegado João Bosco Rodrigues, que, desde julho de 2013, atuava como corregedor.

Segundo um guarda municipal, que pediu para ter seu nome preservado por medo de represálias, João Bosco e Sapori teriam teriam problemas de relacionamento desde a época em que o sociólogo foi ex-secretário adjunto de Defesa Social no governo de Antonio Anastasia. “Por isso, Sapori preferiu demiti-lo. Para o seu lugar, deverá ser indicada mais uma pessoa que trabalhou no Estado”.

Por telefone, João Bosco confirmou a sua saída, mas negou existir problemas com Sapori. “Não tive nenhum desentendimento com ele, mas, na época em que eu atuava como delegado, eu e outros colegas fizemos alguns questionamentos que incomodaram muito o governo do Estado. Para mim, a polícia ficou sucateada, e os índices de criminalidade só aumentaram”, disse.

Segundo Bosco, não lhe foi oferecido até agora nenhum outro cargo na prefeitura. “Mas não vou assumir nada na secretaria de Segurança Pública, porque não acredito no projeto proposto por Sapori. A sugestão feita por ele em seu discurso de posse de tentar trazer uma nova forma de presídio para Betim em que os presos ajudem a gerir a cadeia pode funcionar para ele, que é sociólogo, mas não vai resolver a questão da segurança pública na cidade. Agora, a construção do centro para menores na cidade que ele propôs já passou da hora de acontecer”, desabafou.

Até o fechamento desta edição, a exoneração de João Bosco, apesar de ser assumida por ele, a exemplo do que aconteceu com Alex Couto, ainda não foi publicada no “Órgão Oficial” do município.

O que achou deste artigo?
Fechar

Guarda Municipal

Ex-delegado critica escolha de Sapori após demissão
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter