O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Pandemia

Guardas de Betim e Contagem fazem operação para coibir aglomeração na Várzea

Ação foi necessária após agentes receberam denúncias sobre eventos na lagoa com grande quantidade de público na lagoa, mesmo com a pandemia

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
GUARDA
Dezenas de guardas percorreram, no fim de semana, a orla da Várzea das Flores para coibir a aglomeração de pessoas na lagoa
PUBLICADO EM 14/09/20 - 16h34

As Guardas Municipais de Betim e Contagem, na região metropolitana, realizaram, no último fim de semana, uma operação conjunta na lagoa Várzea das Flores, um dos principais pontos turísticos da Grande BH.

Dezenas de agentes percorreram, no sábado (12) e no domingo (13), a orla do manancial para coibir a aglomeração de pessoas, o que contraria as indicações para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Ação foi necessária após as corporações receberam denúncias sobre eventos na lagoa com grande quantidade de público.

“Obtivemos informações do nosso setor de inteligência e de moradores a região de que estavam aumentando os casos de festas e eventos na orla da lagoa. Para impedir que isso ocorra, decidimos realizar essa operação. São ações que vêm ocorrendo com frequência, sempre que detectamos a necessidade”, explicou o subcomandante da Guarda Municipal de Betim, Weslei de Souza Almeida. “Felizmente, na ação ocorrida no fim de semana, não tivemos nenhum caso de aglomeração”, completou.

Segundo ele, apesar de o comércio estar voltando a funcionar de forma gradativa, conforme autorização do Minas Consciente, programa do governo de Minas que orienta a retomada das atividades econômicas dos municípios do Estado neste período de pandemia, ainda é necessário que as pessoas continuem seguindo as medidas de biossegurança.

“As pessoas precisam respeitar o distanciamento social, usar máscaras e não realizar aglomerações. No caso da orla, recebemos uma denúncia de uma festa que ocorreu no fim de semana anterior ao da operação em que haviam centenas de pessoas. Caso alguém flagre uma situação semelhante, pode fazer a denúncia pelo 153 ou no telefone (31) 3531-1276”, finalizou o subcomandante.

Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Pandemia

Guardas de Betim e Contagem fazem operação para coibir aglomeração na Várzea
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View