O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Gestão

Maioria aprova serviços prestados pela prefeitura

Administração local investiu na construção de 12 centros infantis, sendo que cinco já estão prontos e sete, com as obras em andamento; outros oito ainda serão feitas

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Creche do Betim Industrial
Creche do Betim Industrial é uma das quatro já inauguradas na cidade
PUBLICADO EM 03/09/20 - 23h23

O investimento da gestão do prefeito Vittorio Medioli (PSD) nos centros infantis municipais foi bem avaliado pela maioria dos entrevistados na pesquisa realizada pela Quaest Consultoria e Pesquisa, que foi encomendada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Betim. 

Na opinião de 55% dos entrevistados, o atendimento prestado pelas creches na cidade é positivo. Outros 21% consideram os centros infantis municipais como regular, e somente 9% os avaliam de maneira negativa. Já 15% não sabem ou não responderam. 

Nos últimos três anos, a prefeitura mudou o patamar da educação infantil, com a construção de 20 novas creches, beneficiando milhares crianças de 0 a 5 anos. Dessas, quatro já estão funcionando, nos bairros Angola, Citrolândia, Vila Cristina, Betim Industrial. A unidade do Jardim Alterosas está pronta, mas não foi inaugurada por causa da pandemia. 

Outros sete centros infantis estão com obras em andamento, nos bairros Capelinha, Conjunto Celso Alves Pedrosa, Vila Verde, Paquetá, Cidade Verde e Petrovale, além do Taquaril. Cada unidade tem capacidade para atender cerca de 420 alunos.

A prefeitura também anunciou que iniciará a obra de outros oito centros infantis, que deverão ficar prontos em dez meses. 

Além das creches, outro serviço público bem avaliado foi as escolas municipais. Para 54%, as unidades de ensino desempenham um trabalho positivo. Outros 28% consideram as escolas municipais como regulares, e 12% avaliam o serviço como negativo. Já 6% não sabem ou não responderam. 

Logo em seguida, o serviço público mais bem avaliado é o da Guarda Municipal. Para 42% dos entrevistados, o trabalho desempenhado pela corporação é positivo. Outros 30% consideram o trabalho dos guardas municipais como regular, e 16% a avaliam como negativa. Já 12% não sabem ou não responderam. 

A Guarda Municipal também recebeu investimentos importantes, como a aquisição de 40 novos veículos e o armamento da corporação. Para portarem armas com segurança, cerca de 110 guardas fizeram o curso prático, que segue as diretrizes da Polícia Federal.

O levantamento realizado pela Quaest entre os dias 26 e 28 de agosto e foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) com o número MG-03380/2020. O nível de confiança de 95%.

Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Gestão

Maioria aprova serviços prestados pela prefeitura
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View