O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Eleições

Pesquisa CP2 indica quem mais transfere votos em Betim

Estudo realizado com 1.400 entrevistados apontou a influência dos prefeituráveis junto aos eleitores

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Urna TSE
Levantamento apontou a influência de pré-candidatos a prefeito junto aos eleitores
PUBLICADO EM 10/09/20 - 23h40

Pesquisa realizada pelo Instituto CP2 em Betim entre os dias 26 e 28 de agosto, contratado pela Sempre Editora, mostra que um candidato a vereador que receber apoio do prefeito Vittorio Medioli, pré-candidato à reeleição pelo PSD, tem mais chances de ser votado do que se o postulante à uma vaga na Câmara receber o apoio de outros nomes que pretendem disputar a prefeitura do município. 

O levantamento entrevistou 1.400 eleitores em todas as regiões de Betim e tem possibilidade de erro de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos, com margem de confiança de 95%. 

De acordo com a pesquisa, os que responderam que têm grande chance ou alguma chance de votar em um candidato apoiado por Vittorio somam 58% dos entrevistados. Outros 18,4% responderam que não votariam em quem fosse apoiado pelo atual prefeito. 

Em relação ao apoio dos demais pré-candidatos a prefeito, a situação se inverte. 

No caso de Maria do Carmo Lara (PT), 48,2% dos entrevistados disseram que não votariam em candidato a vereador apoiado pela petista, enquanto 29% responderam que daria, sim, um voto para quem MDC apoiasse. 

Já para 47,4%, não haveria chance de votar em alguém que recebesse apoio de Vinícius Resende (Rede). Outros 19,8% disseram que votariam em alguém apoiado por ele. 

Se o candidato a vereador for apoiado por Junio Araújo (Solidariedade), o postulante a uma vaga na Câmara teria 51,6% de não receber nenhum voto. Já 14,8% dos que responderam votariam em quem tivesse apoio de Junio. 

Para 11,8% dos eleitores entrevistados, um candidato apoiado por Dr. Xaropinho (MDB) tem chance de receber um voto, enquanto 54,6% responderam que não haveria essa possibilidade. 

O apoio de Gabriela Clemente (PSOL) a candidato a vereador resultaria em chance de voto para 10,5% dos que responderam. Outros 55,6% afirmaram não votar em candidatos apoiados por ela. 

Em relação a Zulu (PCB), 56,6% disseram que não votariam em candidatos a vereador apoiado por ele. Já 10,3% afirmaram que dariam um voto ao postulante à uma vaga na Câmara que recebesse apoio de Zulu.

Registro
A pesquisa do Instituto CP2 foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) sob o número 08797/2020. A série histórica do instituto também aponta o favoritismo do atual prefeito na corrida eleitoral. 

Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Eleições

Pesquisa CP2 indica quem mais transfere votos em Betim
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View