O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

IBGE

PIB cresceu 8,5% e somou R$ 23,9 bilhões em 2015

Esse foi o primeiro crescimento em três anos; a última elevação do PIB municipal aconteceu em 2012, quando chegou a R$ 28,1 bilhões

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Posição
PIB de Betim é o 4º no ranking estadual e o 32} no país
PUBLICADO EM 11/01/18 - 18h08

O Produto Interno Bruno (PIB) dos municípios referente a 2015 mostrou que o total de bens e serviços produzidos em Betim apresentou crescimento em um ano. O levantamento, divulgado em dezembro do ano passado, foi feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com a Fundação João Pinheiro (FJP). O resultado é sempre relativo a dois anteriores ao ano vigente.
Em 2015, o PIB de Betim somou R$ 23,904 bilhões, valor 8,5% maior do que o registrado em 2014 (R$ 22,04 bilhões). Foi também o primeiro crescimento em três anos. A última elevação do PIB municipal aconteceu em 2012, quando chegou a R$ 28,1 bilhões.
No ranking das cidades mais ricas do país, Betim figurou na 32º colocação em 2015, três posições acima do que ano anterior. Porém, bem abaixo da posição ocupada em 2010, quando estava na 15ª posição. Em Minas Gerais, o município está na quarta posição, atrás de Belo Horizonte, Uberlândia e Contagem. Até 2012, Betim era a segunda cidade mais rica do Estado.
O PIB per capita, que é o PIB total dividido pelo número de habitantes, também registrou alta e chegou a R$ 57,28.
Indústria
Um dos fatores que justificaram essa elevação do PIB em 2015 foi a indústria. Apesar da crise econômica no país, o setor em Betim registrou crescimento de 64%: foi de R$ 5,7 bilhões em 2014 para R$ 9,378 bilhões em 2015. Com isso, a indústria, que ficou por dois anos seguidos como o segundo PIB da cidade, voltou a ser o principal gerador de riqueza do município. O setor de serviços somou R$ 8,359 bilhões.
O pesquisador da Fundação João Pinheiro Reinaldo Carvalho de Morais explicou a razão do crescimento em 2015.
“A indústria tem participação muito forte no PIB de Betim, na produção de veículos e no refino de petróleo. Neste último caso, o preço do barril no mercado internacional reflete muito. Então, em 2015, o barril custava em média U$$ 50, um valor bem abaixo do que nos anos anteriores. Com isso, foi possível aumentar a lucratividade do refino e, consequentemente, o valor agregado. Isso foi um dos fatores determinantes para o crescimento do PIB da indústria, que refletiu no resultado final”, afirmou. “Quando for divulgado o PIB de 2016, a expectativa é que essa tendência se mantenha”, concluiu.

Clique sobre o ícone para exibir as informações...
PIB de Betim
PIB de Betim

O que achou deste artigo?

O que achou deste artigo?
Fechar

IBGE

PIB cresceu 8,5% e somou R$ 23,9 bilhões em 2015
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter