O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Benefício

Reajuste para educadores infantis é aprovado

Projeto da prefeitura foi aprovado na Câmara e prevê aumentos sucessivos até 2020 para que os vencimentos sejam equiparados ao piso nacional

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Votação
Vereadores aprovaram projeto do Executivo que ocasionará reajuste para professores infantis
PUBLICADO EM 08/03/18 - 22h44

Reivindicação dos profissionais da educação desde 2011, o pagamento do piso salarial nacional para os educadores infantis começará a ser concretizado.

Isso porque os vereadores aprovaram, na última terça-feira (6), o projeto de lei enviado pela prefeitura que estabelece o reajuste salarial para esses profissionais de forma escalonada até 2020 para que, enfim, os educadores infantis possam, após tantos anos de espera, ganhar o piso nacional da categoria. Agora, falta apenas a proposta ser aprovada em segunda discussão pela Câmara e sancionada pelo prefeito Vittorio Medioli para a medida começar a valer.

De acordo com o proposta, o salário-base do professor de educação infantil passará, neste ano, de R$ 1.731,32 para R$ 1.970,25. “Devido à nossa limitação financeira, essa equiparação foi dividida em três anos. Por isso, concederemos reajustes progressivos neste ano, em 2019 e em 2020, até que os professores infantis estejam recebendo o valor do piso”, explicou o secretário municipal de Governo e procurador-geral do município, Bruno Cypriano.

O líder do governo na Câmara, vereador Tiago Santana (PCdoB), enfatizou que o pagamento do piso nacional à categoria foi uma promessa feita. “Com aprovação, o salário base da categoria passará para R$ 1.970,25. É uma medida importante de valorização da categoria, que reivindica esse pagamento há anos. Foi uma promessa de campanha do prefeito que está sendo implantada em respeito a esses profissionais”, disse.

O projeto foi aprovado com duas emendas modificativas. Uma delas determina que o pagamento será retroativo. “Apesar da situação financeira em que o atual governo assumiu a prefeitura, as ações realizadas conseguiram equilibrar as finanças e permitir esse reajuste. E o aumento desse ano será retroativo a 1º de janeiro, ou seja, os professores infantis receberão depois um complemento desses meses que já se passaram”, explicou. “Já a segunda emenda consiste em garantir os aumentos no próximo ano e a equiparação com o piso nacional em 2020”, completou.

Ainda conforme o vereador, outras ações estão sendo feitas para garantir melhorias na área. “A educação é uma preocupação e uma prioridade do governo. Além da garantia do pagamento do piso aos professores infantis, a prefeitura também está construindo três creches, com 400 vagas cada uma, que serão entregues nos próximos meses, o que aumentará a oferta para as crianças, e melhorará as condições de trabalho”, afirmou Tiago Santana.

Outros governos
O pagamento do piso nacional aos professores da rede infantil não foi cumprido pelas gestões anteriores. Em 2014, o município finalmente iria cumprir com esse pagamento (Lei Federal 11.738, de 2008). No entanto, naquele ano, o Ministério da Educação (MEC) reajustou o piso, mas a prefeitura continuou a pagar o valor anterior. 

O que achou deste artigo?
Fechar

Benefício

Reajuste para educadores infantis é aprovado
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter