O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Luta

Semana da diversidade em Betim terá ações contra o preconceito

Ação realiza atividades para conscientizar a população sobre o combate à LGBTIfobia e a prevenção contra a Aids

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 28/11/19 - 20h35

Blitz de prevenção à Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis, premiação de pessoas que desenvolveram e apoiaram ações de direitos humanos voltadas para a comunidade LGBTI+, realização de casamento coletivo homoafetivo e concurso de beleza LGBTI+, onde será eleita a primeira Miss Trans de Betim.

Essas são algumas das atividades que serão desenvolvidas na 7ª edição da Semana da Diversidade, que acontecerá entre os dias 2 e 7 de dezembro, no município. O evento, promovido pela Prefeitura de Betim, e realizado pela comunidade LGBTI+ de Betim, junto ao Conselho LGBTI+, tem como objetivo contribuir com a luta pelo respeito à diversidade, além de realizar ações para conscientizar a população sobre a importância do combate à LGBTIfobia e a prevenção contra a Aids. 

“As pessoas não devem fazer distinções entre si, tendo por base a sexualidade. Não interessa se uma pessoa é heterossexual, homossexual, bissexual, transgênero ou intersex, o importante é se conscientizar que o respeito para com o ser humano é uma obrigação de todos. Estamos apoiando e promovendo ações que valorizem todos os cidadãos da nossa sociedade”, salientou o secretário municipal de Governo, Léo Contador.

Para Leônidas Ferraz, coordenadora do único Movimento LGBTI+ de Betim e representante do Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual, a 7ª Semana da Diversidade reforça, acima de tudo, a importância de se viver em uma sociedade que tem por base o respeito. 

“Os gays, lésbicas, bissexuais e pessoas de outras identidades de gênero podem e devem se orgulhar da sua sexualidade, e buscar ocupar seus espaços na sociedade, sem ficarem marginalizadas por vergonha da orientação sexual com a qual se identificam. Estamos formatando um evento que fala sobre saúde, prevenção, reconhecimento e respeito”, disse Leônidas.

Atenção à diversidade sexual

Em Betim, além da regularização do Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual, criado pela prefeitura em 2017, em defesa dos direitos dos gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e pessoas intersex, a comunidade LGBTI+ tem garantido, por meio de um decreto municipal, o direito ao uso do nome social em repartições públicas municipais. Além da Parada do Orgulho Gay, a Prefeitura de Betim também apoia as ações no Dia do Orgulho Gay e a realização do Miss Gay Betim.

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Luta

Semana da diversidade em Betim terá ações contra o preconceito
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter