O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Coronavírus

Taxa de testagem em Betim é 84% maior do que a de Minas

Município realiza 1.853 exames para detectar a Covid-19 para cada grupo de 100 mil habitantes, número acima do registrado no Estado, que é 1.003

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Teste rápido para Covid-19
Em Betim, mais de 8.100 pessoas já foram submetidas a algum tipo de teste para a Covid-19
PUBLICADO EM 25/06/20 - 20h18

A taxa de testagem em Betim para detectar a Covid-19 é 84% maior que a registrada em Minas Gerais. Isso porque o município realizou, até o momento, 1.853 testes a cada grupo de 100 mil habitantes. Ao todo, já foram feitos 8.157 exames – rápido e PCR – no município, tanto na rede pública quanto na particular até essa quinta (25).
Já segundo nota enviada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) à reportagem, foram testadas 1.003 pessoas para cada grupo de 100 mil habitantes em Minas Gerais.

Do total registrado em Betim, já estão computados os 2.160 realizados em cada fase da pesquisa de mapeamento de circulação do vírus na cidade. Como foram duas rodadas, só no levantamento científico, realizado em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), foram feitos 4.320 exames até agora.

A testagem é uma das principais ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Além de testar os pacientes mais graves e os óbitos suspeitos, como preconizam os órgãos estaduais e federal de Saúde, o município de Betim também adotou uma metodologia própria para ampliar a quantidade de exames.

“A pesquisa que estamos fazendo junto com a UFMG para mapear a circulação do vírus na cidade é um dos diferenciais na política de enfrentamento à pandemia adotada pela prefeitura, já que, a cada rodada, são 1.080 moradores submetidos a dois testes cada um. Ou seja, não são apenas as pessoas com sintomas que são avaliadas. A testagem em assintomáticos também é realizada por meio dessa pesquisa. Há também os exames de sorologia, além dos de PCR e o rápido”, explicou o secretário adjunto de Saúde, Augusto Viana. 

Ainda segundo o gestor, o número de casos confirmados da doença, dentre outros fatores, é resultado da elevação do número de testes realizados. “Os dados apontam que Betim possui uma taxa de testagem acima da que é registrada em Minas Gerais. E essa testagem acaba resultando também no aumento de casos. Isso pode até gerar um desgaste pela elevação dos números, mas é a forma transparente que a prefeitura trabalha. Inclusive, essa transparência não é notada em outras cidades, que, mesmo com uma grande população, apresentam um número de casos desproporcionais aos nossos”, completou. 

Viana disse que também foi adotada a testagem para profissionais da saúde e segurança, além de profissionais das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI's). “Até porque, para que possamos realizar ações mais efetivas, é preciso termos um panorama mais próximo do real”, completou. 

Comparação
Dados do boletim epidemiológico do Estado dessa quinta (25) mostram que há um caso confirmado de Covid-19 a cada 843 habitantes em Betim. Em comparação com as outras quatro cidades mais populosas de MG, a taxa na cidade é a menor. Em Belo Horizonte, há um caso positivo a cada 519 moradores; em Uberlândia, um para cada 230; em Contagem, é registrado um caso confirmado a cada 760, e Juiz de Fora registra um positivo a cada 410 moradores.

O que diz o governo do Estado
No boletim epidemiológico divulgado pela SES-MG nessa quinta (25), consta a realização de 35.193 testes no Estado, o que daria uma taxa de 168 para 100 mil pessoas. Procurada, a pasta informou que os dados do boletim só levam em conta os exames de PCR na rede pública, enquanto que, na taxa total, são considerados todos os tipos de exames. 

Na nota, a pasta declarou que, “no momento, o Estado contabiliza 1.003 testes a cada 100 mil habitantes. Para esse cálculo, são considerados todos os testes realizados ou notificados no Estado, como os moleculares e sorológicos, bem como a produção das redes pública e privada”. 

Ainda em nota, a SES informou que, até a terça (23), foram realizados 119.974 testes rápidos (público e privado), 59.321 testes PCR na rede privada e 33.132 PCR na rede pública, totalizando 212.427 no Estado. 
 

Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Coronavírus

Taxa de testagem em Betim é 84% maior do que a de Minas
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View