O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Eleições

Vittorio assume a direção do Podemos em Minas

Prefeito destacou, em entrevista coletiva, que os principais pilares do partido serão o compromisso com a ética, com o resgate das pessoas do sofrimento e a competência

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Oficial
Coletiva foi realizada na ALMG, nesta quinta-feira (8)
PUBLICADO EM 08/03/18 - 23h05

O prefeito Vittorio Medioli assumiu a presidência do Podemos em Minas Gerais e concedeu, na quinta-feira (9), na Assembleia Legislativa, uma entrevista coletiva à imprensa apresentando as perspectivas da legenda para o cenário eleitoral no Estado e no país.

Medioli destacou como principais pilares da legenda o compromisso com a ética, a eficiência e o respeito com a coisa pública. Por isso, os filiados e os futuros candidatos da legenda deverão se alinhar e se pautar nos pontos básicos que são a desburocratização, uma educação atenta e acessível aos mais carentes e uma saúde popular de qualidade.

O período de filiações para disputar as eleições deste ano começou nesta semana e seguirá até o dia 7 de abril. “A janela partidária (prazo para filiações) para candidatos vai até o dia 7 de abril. Abriremos as conversas porque temos muitos candidatos interessados em se filiar e disputar. Mas é fundamental que cada um deles tenha perfil e compromisso com os princípios básicos do partido, que são a honestidade, o resgate do social e uma disposição a uma vida pública pautada pela ética”, afirmou.

Segundo Medioli, vários prefeitos, parlamentares e até profissionais que têm o interesse de ingressar na política já manifestaram intenção de se filiar ao Podemos. “Temos grandes profissionais que já manifestaram o seu interesse em participar do nosso movimento, que não será apenas a disputa de uma eleição, mas um movimento para recuperar valores que foram perdidos ao longo do tempo”, destacou.

Medioli também informou que o senador Alvaro Dias, candidato do Podemos à Presidência da República, estará no Estado no próximo dia 23 para referendar as novas filiações. “Alvaro Dias é uma pessoa irretocável e queremos afinar uma orquestra que saiba tocar uma sinfonia, cada um no seu lugar, com as suas competências, com as suas origens, mas com uma grande disposição para mudar os paradigmas da política. O Brasil precisa renovar e ter novas posturas para enfrentar os desafios, chega de retrocessos, o país pode ser muito melhor”, ressaltou o prefeito.

Medioli apresentou o deputado estadual Dirceu Ribeiro, egresso do PHS, que ocupará a primeira vice-presidente do Podemos. “O deputado Dirceu terá a tarefa de receber todos esses pedidos de filiação como primeiro vice-presidente executivo do partido. Nos próximos 15 dias, vamos fazer um mutirão de avaliações e de filiações para, no dia 23 de março, com a presença do senador Alvaro Dias, realizarmos um grande ato. Nós marcaremos presença em todas as regiões do Estado e delegaremos as tarefas de forma regional para que o partido tenha lideranças e esteja presente em todo o Estado”.

Ele ainda citou a reestruturação do Podemos em Minas e a preparação para a campanha do senador Alvaro Dias. “Temos a disposição do senador Alvaro Dias de percorrer toda Minas Gerais. Quem ganha em nosso Estado costuma subir a rampa do Palácio do Planalto. Vamos caminhar com ele e fazer dele o próximo presidente da República. Não pretendemos difundir soluções e propostas inovadoras, mas despertar o potencial do país com absoluta fidelidade à ética e atenção na justiça social”.

O novo presidente do Podemos de Minas disse que não pretende ser candidato a governador devido ao seu compromisso com Betim e destacou as importantes ações adotadas na cidade. “Em Betim, não nomeamos ninguém sem capacidade profissional. No primeiro ano de gestão, geramos superávit, controlamos a dívida e reestruturamos o sistema previdenciário municipal. Implantamos um plano de zerar a dívida com a previdência. Economizamos R$ 199 milhões do orçamento de R$ 1,6 bilhão. Cortamos 455 cabides de empregos e práticas perversas, que geravam grande dificuldades a quem queria empreender. Remodelamos todo o processo de acolhimento e de apoio para que as atividades produtivas e o crescimento de empregos se instalassem no município. Não pretendo sair da prefeitura de Betim, mas fazer dela um modelo de boa gestão que o senador Alvaro Dias possa apontar como exemplo de superação definitiva dos vícios e das dificuldades que se enfrentam no país”.

Filiações
Segundo o deputado estadual e vice-presidente do Podemos, Dirceu Ribeiro, o partido terá ao menos 22 prefeitos filiados. Ele explica que praticamente todos os prefeitos do interior que estavam no PHS farão o mesmo caminho que ele e o prefeito de Betim, Vittorio Medioli. Esse não é o caso do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, que continua no PHS.

“É certo que teremos 22 prefeitos. Mas a expectativa é que, até o fim da janela de filiações, possamos chegar a até 50 prefeitos no partido”. Dirceu destaca que a comissão provisória do Podemos é toda nova, sem nenhum membro da antiga direção e que o compromisso é de ter um partido onde todos serão ouvidos. (com Bernardo Miranda)

O que achou deste artigo?
Fechar

Eleições

Vittorio assume a direção do Podemos em Minas
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter