O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Debate

Copasa aponta que validade da lagoa é de 20 anos

"A instituição não tem feito nenhuma ação concreta para ajudar no controle, manutenção e, principalmente, na preservação da lagoa e de seus mananciais", diz Chiodi

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PMC/DIVULGAÇÃO
Solicitado o controle e monitoramento 24h da Barragem para evitar ações de depredação da orla
PUBLICADO EM 16/10/19 - 15h04

O debate sobre o futuro de Várzea das Flores tem pautado as reuniões plenárias da Câmara Municipal de Contagem nos últimos meses. Na reunião plenárias desta terça-feira (15), o vereador Alex Chiodi (SD), presidente da Comissão Especial de Uso e Ocupação do Solo, falou sobre a preocupação da população em torno da preservação deste bem.

"Não podemos esquecer que Várzea das Flores é uma grande caixa d'água da Região Metropolitana de Belo Horizonte, por isso é fundamental e de grande importância o debate à cerca de sua preservação", destacou Chiodi. O parlamentar também lembrou que a Copasa produziu um relatório no qual aponta um prazo de validade para a lagoa de aproximadamente 20 anos, principalmente se a Lei 019/2019 em tramitação, que trata sobre o parcelamento, uso e ocupação do solo em nosso município, for aprovada.

No entanto, desabafa o vereador, a instituição não tem feito nenhuma ação concreta para ajudar no controle, manutenção e, principalmente, na preservação da lagoa e de seus mananciais. "Estamos pedindo que a Copasa possa criar e implantar, assim como tem em outras lagoas, um controle e monitoramento 24h da Barragem para evitar ações de depredação da orla", completou.

Para Chiodi, uma das poucas coisas que o contagense ainda tem, já que os espaços culturais estão abandonados, é a lagoa, e o mínimo que se pode fazer é cobrar que a prefeitura junto com a Copasa cuidem dela. "Vamos solicitar também que a Guarda Municipal instale uma base no local para ajudar na fiscalização, nem que seja apenas nos finais de semana e feriados".

O presidente da Comissão Especial de Uso e Ocupação do Solo aproveitou para convidar a população para participar da Audiência Pública sobre o tema, que ocorrerá nos dias 23/10 (quarta-feira) e 31/10 (quinta-feira), às 19h, na Câmara Municipal. Ele destacou que a participação de todos é muito importante nesta discussão. Um link no site da Câmara já está disponível com todas as informações sobre a tramitação do projeto. Para mais informações através do número (31) 3359-8748 ou usoeocupacaodosolo@cmc.mg.gov.br.

O que achou deste artigo?
Fechar

Debate

Copasa aponta que validade da lagoa é de 20 anos
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter