O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Um olho no bloco, outro no telefone

Furtos de celular crescem durante o Carnaval e PM dá dicas para não ser vítima

No ano passado, mais de 5 mil furtos de aparelhos foram registrados pela polícia

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
celulares
PUBLICADO EM 17/02/20 - 20h06

Quem cai na folia quer registrar os melhores momentos por meio de fotos e vídeos. Mas, todo cuidado é pouco, pois o celular é o principal alvo dos ladrões nessas ocasiões. 

No ano passado, o Carnaval ocorreu em março e, não por acaso, o mês liderou nesse tipo de ocorrência, tanto na capital, como no Estado.

No período, foram 5.797 furtos de aparelhos em Minas, dos quais 2.679 em BH, onde o aumento, em relação ao mês anterior, foi de 56%, segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). 

A chefe da sala de imprensa da PM, capitão Layla Brunnela, explica que esse aumento pode ser atribuído ao Carnaval. Ainda segundo ela, a grande preocupação da PM no Carnaval são os crimes contra o patrimônio, principalmente furtos e roubos de celulares.

“São foco dos infratores”, disse a capitão. “Medidas de autoproteção são fundamentais, mesmo com a presença da PM nos eventos. Na hora de fazer uma selfie, uma gravação, evitar expor o celular. Se a pessoa não quer perder aquela imagem, pede a um amigo para fazer uma vigilância no entorno”, orienta.

Neste Carnaval, duas carretas darão apoio ao monitoramento móvel nos pontos de aglomerações, em BH. Por meio delas, vai ser possível bloquear imediatamente o aparelho furtado. 

Seguro temporário

Pensando nos foliões, a empresa de tecnologia Pier criou uma startup que oferece seguro digital temporário contra roubo e furto de celular.

A contratação do seguro é online e o proprietário do aparelho pode fazer o plano pelo período que quiser, além de escolher a cobertura desejada.

A pessoa pode contratar ou cancelar o serviço pelo próprio aplicativo, não há carência e a empresa aceita aparelhos usados e sem nota fiscal. A Pier promete fazer o reembolso em até 5 dias, em 80% dos casos.

Valor do seguro

O valor da mensalidade do seguro temporário do celular muda de acordo com o aparelho e plano escolhido. Porém, atualmente começa em R$ 6,50 mensais para um J2 Pro de 16 GB.

“Se o cliente for roubado ou furtado, o processo para receber o reembolso é simples. Basta apresentar o boletim de ocorrência e bloquear o IMEI do celular”, explica o empreendedor Lucas Prado. “Deixamos a pessoa escolher a porcentagem de cobertura, que varia de 100% a 80% do valor de um aparelho seminovo”, explicou.

Dicas da PM

Na hora fazer uma selfie, uma imagem ou gravação, evitar expor o celular. 

Se a pessoa não quer perder a imagem, pedir a um amigo para fazer uma vigilância no entorno. 

Sair um pouco da multidão e procurar um local um pouco mais vazio. Isso mostra para o infrator que você está mais atento ao ambiente.

Para transportar o aparelho, usar um porta-celular, que são as sacolinhas plásticas, a maioria pendurada no pescoço. A  pessoa pode colocar por dentro da camiseta. 

Também pode usar doleira, dentro da calça, mais junto ao corpo. 

Evitar carregar o celular no bolso, principalmente no bolso de trás. 

Ficar atento aos esbarrões. O ladrão pode te esbarrar e te empurrar e um comparsa vem e pega o seu aparelho.

A orientação da PM é já sair de casa com  o número do IMEI anotado, para facilitar o bloqueio do aparelho em caso de roubo ou furto. O código universal e único do aparelho vem na caixa ou na nota fiscal do celular. A pessoa também pode digitar *#06# para saber o número.

A vítima de furto ou roubo deve procurar a base da PM mais próxima para registrar o boletim de ocorrência. Neste carnaval, foliões e rotas dos blocos

Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Um olho no bloco, outro no telefone

Furtos de celular crescem durante o Carnaval e PM dá dicas para não ser vítima
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Ou conecte-se com:
Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View