O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Artes plásticas

Gilson Rodrigues expõe no BDMG Cultural até d

Jardins Suspensos é o nome de um dos trabalhos que da nome à mostra, em trabalho ligado à representação

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Gilson Rodrigues fala do seu gosto em interagir com o trabalho de outros artistas
Gilson Rodrigues fala do seu gosto em interagir com o trabalho de outros artistas
PUBLICADO EM 08/07/16 - 15h26
Gilson Rodrigues apresenta na galeria de arte do BDMG Cultural até o dia 25 de julho a exposição Jardins Suspensos que apresenta um recorte da produção recente do artista.
“Meu trabalho esta diretamente ligado a historia da representação. Em minha produção recente crio diálogos entre a tradição da pintura de paisagem e utensílios domésticos. Sobreponho representações de objetos ornamentados sobre ícones da tradição pictórica como John Constable, Almeida Júnior entre outros; criando paisagens fragmentadas e inquietante” afirma Gilson.
 
Segundo o artista, estes objetos são escolhidos por ele devido suas características plásticas que na maioria das vezes remetem a formas orgânicas. Ao deslocar a imagem de objetos comuns, como talheres e xícaras, para o plano da pintura ofereço ao espectador uma outra maneira de perceber as formas presentes na superfície destes utensílios já silenciadas pelo caos da vida cotidiana. “Embora não fique explicito, uma característica importante no meu trabalho, e que esta presente na produção de outros artistas de minha geração, é o uso das ferramentas de busca e edição de imagens”, diz. 
 
Parte das referências do artista, durante seu trabalho, são encontradas em buscas na internet, em seguida ele faz uma série de colagens que posteriormente serão sobrepostas sobre as pinturas.
 
A obra
 
Jardins Suspensos é o nome de um dos trabalhos que da nome à mostra. Para realizar esta pintura, Gilson Ro reproduzi parte de uma paisagem de Jean Baptiste-Camille Corot. Após decidir o enquadramento e apagar alguns elementos da pintura original Gilson realizou uma série de intervenções sobre a imagem criando um ambiente desequilibrado que em nada remete a pintura de Corot com sua estabilidade e calmaria. Uma das principais características do trabalho é a grande variedade de tratamento que o artista utiliza na construção destas obras. Desenho, colagem e uma grande gama de técnicas de pintura compõem o corpo destes trabalhos, neste sentido a fatura se torna parte importante do processo.
 
"Gosto de investigar os diversos tratamentos que diferentes artistas utilizam para resolver problemas de representação sendo esta pesquisa uma parte no meu processo criativo", declara.
Gilson Rodrigues foi selecionado no último edital da Fundação Cultural de Contagem e apresenta sua exposição individual no Centro Cultural de Contagem em novembro deste ano. O artista possui em seu currículo exposições individuais e coletivas.
Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

Artes plásticas

Gilson Rodrigues expõe no BDMG Cultural até d
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Ou conecte-se com:
Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Log View