O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Lar Dom Paulo vai ter sede própria

Com a ajuda da Prefeitura e do Movimento Transformar Contagem, os idosos terão mais dignidade e estrutura

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
lar/DIVULGAÇÃO
Lar Dom Paulo, associação de Contagem que abriga e cuida de idosos, recebeu a visita da primeira dama do município
PUBLICADO EM 01/11/19 - 17h12


Na última quarta-feira (30/10), o Lar Dom Paulo, associação de Contagem que abriga e cuida de idosos, recebeu a visita da primeira dama do município, Luciana Braga. O motivo do encontro foi mais que especial: ela assinou a ata da reunião realizada no dia 25 de setembro, quando ela, juntamente com o Secretário de Obras do Município, João Batista dos Mares Guia, anunciaram o total apoio da Prefeitura na construção da sede própria e definitiva do Lar.
O terreno em que será construído o novo Lar Dom Paulo fica no Sapucaias II, em uma área tranquila e apropriada para os idosos, segundo o diretor do Lar, Márcio Luciano. “Lá, eles vão ter mais conforto, área aberta e atividades externas, quem sabe até uma horta?”, conta emocionada Gilca Valéria, uma das ferrenhas voluntárias do Lar. O espaço também permitirá a acomodação de até 60 idosos, quase o dobro da capacidade do local em que atualmente estão.
Hoje o Lar Dom Paulo funciona em duas casas alugadas no bairro Fonte Grande, na região da Sede. Porém, conforme a direção voluntária do Lar, os 39 idosos que residem e dependem da instituição estão prestes a serem despejados, considerando as dívidas de aluguéis. “Mas, para onde eles vão? As famílias renegam, muitos têm inclusive medida protetiva contra familiares”, lamenta Márcio.
Além dos aluguéis atrasados, o Lar Dom Paulo ainda acumula dívidas tributárias e trabalhistas e um gasto mensal muito superior à receita. Além das contas mensais como água e luz, há uma folha de pagamento de 27 funcionários e, ainda, remédios, fraldas, alimentação e insumos de saúde e limpeza.
Alguns idosos têm benefício social e repassam o valor para custear sua permanência no lar. Os voluntários se desdobram para conseguirem donativos de alimentos básicos como arroz, feijão, carne e leite, bem como material de higiene pessoal. “No mais, a instituição vive de doações e da bondade de pessoas que, assim como nós, acreditam que esses idosos merecem uma velhice digna”, conta Gilca.
Depois de conversar com a direção e com os idosos e de conhecer as modestas dependências do Lar Dom Paulo, Luciana Braga se colocou à disposição para ajudar, não só com a mediação da construção da sede, mas para o que mais estiver ao seu alcance. “Trago também aqui um abraço fraterno e o compromisso de ajuda do prefeito Alex de Freitas. Contem conosco”, finalizou a primeira dama.
Ela aproveitou a oportunidade também para falar sobre o Movimento Transformar Contagem, do qual ela é coordenadora. Trata-se de um aplicativo de celular que cria, na cidade, uma rede de voluntariado e que une quem quer ajudar a quem precisa ser ajudado. O Lar Dom Paulo, inclusive, já é uma das entidades cadastradas para receber contribuições voluntárias pelo aplicativo.
 
Ajudas
Atualmente, o Lar Dom Paulo recebe anualmente algumas contribuições indiretas do poder público, por meio das emendas impositivas dos vereadores Bruno Barreiro, Teteco, Zé Carlos (agora licenciado para assumir a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude de Contagem), Daniel Carvalho, Caxicó, Alex Chiodi e Alessandro Henrique.  O vereador Hugo Vilaça, que entrou no lugar de Zé Carlos na Câmara em outubro, também contribui revertendo parte do valor arrecadado com sua feijoada beneficente anual para o Lar.
Mesmo com essas cooperações, a diretoria voluntária do Lar Dom Paulo clama por ajuda, uma vez que a receita ainda é muito aquém dos gastos. Por isso, caso você queira ser um voluntário ou fazer doações para o Lar, entre em contato pelo telefone 2564-3403.
São bem-vindos todos os tipos de ajuda, até mesmo um tempo livre para uma conversa ou ouvidos abertos para escutar as histórias dos residentes, que já passaram por tantas coisas na vida e hoje estão acolhidos em uma instituição, muitas vezes abandonados pelos familiares e carentes de atenção.   
 
Lar Dom Paulo
Rua Antônio Marçal Muniz, nº 34, Fonte Grande/Contagem.
Visitas às terças, quintas, sábado e domingo, das 14h às 17h.
Doações: Caixa Econômica Federal – Agência 1529, operação 003, conta corrente 4673-0. CNPJ: 22.843.380/0001.69. Razão social: Associação de Diáconos da Pessoa Idosa. Nome fantasia: Lar Dom Paulo.

O que achou deste artigo?
Fechar

Lar Dom Paulo vai ter sede própria
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter