O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Educação

Reformas para a Escola Municipal José Ovídio Guerra

O presidente da Câmara Municipal de Contagem, vereador Daniel Carvalho, apresentou requerimento solicitando a reforma geral

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
SAMUEL JUNIO/CMC/DIVULGAÇÃO
As reformas são urgentes e não podem esperar para o próximo ano
PUBLICADO EM 31/10/19 - 19h28

O ano letivo está em fase final, porém algumas intervenções para beneficiar a comunidade escolar não podem esperar 2020 para iniciar. Nesta terça-feira (29), o presidente da Câmara Municipal de Contagem, vereador Daniel Carvalho, apresentou requerimento solicitando a reforma geral da Escola Municipal José Ovídio Guerra, localizado no bairro Eldorado.

Sempre atento às demandas da população, em especial as relacionadas à educação, o parlamentar visitou a instituição de ensino na última semana para conhecer in loco as dificuldades que a comunidade escolar enfrenta.

Salas interditadas, computadores estragados, vazamentos e infiltrações, pintura danificada, piso irregular, pouca acessibilidade, banheiros sem peças necessárias e problemas na rede elétrica foram algumas das muitas situações apresentadas.

“A Escola José Ovídio Guerra é uma das maiores escolas municipais de Contagem e, lamentavelmente, se encontra em condição precária. Por isso, solicito que a Secretaria de Educação olhe de forma igualitária para as instituições de ensino e, logo, realize as medidas necessárias para que alunos, professores e direção possam desfrutar de um ambiente adequado”, declara Carvalho.

Vale ressaltar que no período de chuvas, a situação é ainda pior. “Existe vazamento no telhado, muita infiltração e ausência de um toldo que ligue o portão principal da escola até as salas de aula. Precisamos solucionar essas demandas de forma emergencial para proporcionar qualidade na estrutura da unidade que abriga cerca de 650 alunos”, completa o vereador Daniel.

Preocupação

Segundo Inês Coelho, diretora da escola, a estrutura da instituição de ensino tem mais de 40 anos e, pelo menos, há 15 anos não recebe nenhuma reforma. Ela apontou ainda alguns pontos críticos que precisam com urgência de manutenção e reparos. Com destaque, os muros das laterais da unidade que estão comprometidos.

“Já fomos acionados pelos vizinhos e utilizamos nossa verba para realizar uma pequena obra paliativa. No entanto, precisamos sanar esse problema definitivamente, pois uma parte do muro já desabou e não podemos colocar nossos estudantes em risco”, revela a diretora.

Por fim, ela agradeceu a visita e disse que durante sua gestão tem se esforçado para melhorar a estrutura do prédio. “Estou muito feliz e otimista com a possibilidade da nossa escola ser contemplada com as obras”, conclui Inês.

O que achou deste artigo?
Fechar

Educação

Reformas para a Escola Municipal José Ovídio Guerra
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter