Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Sudeste e Centro-Oeste

ONS prevê nível de reservatórios em 37,1%  

Próximo dia 30 de junho aponta reservartórios com 2,1 pontos percentuais acima da projeção da semana passada

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
RETSACOLA-
Em fevereiro, reservatórios do sistema Cantareira estavam críticos
PUBLICADO EM 10/06/14 - 03h00

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) elevou a previsão dos níveis de armazenamento dos reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste ao final deste mês de junho.

A primeira revisão do Programa Mensal de Operação (PMO) de junho aponta que o valor esperado para os reservatórios da região no próximo dia 30 de junho está em 37,1% – índice 2,1 pontos percentuais acima da projeção apresentada na semana passada.

A visão em relação aos reservatórios da região Sul também é mais otimista. O valor esperado para o final de junho foi revisado de 77,1% para 93%.

Com um melhor cenário hidrográfico na região, o ONS pretende explorar as disponibilidades energéticas da usina de Itaipu, localizada no Paraná na divisa com o Paraguai.

Norte e Nordeste. No caso das regiões Nordeste e Norte, por outro lado, os números estimados foram ajustados para baixo. Nos reservatórios da região Nordeste, houve redução de 37,4% para 36,8%. Na região Norte, a redução foi de 92,8% para 92,6%.

O Operador Nacional do Sistema destaca no documento, o qual abrange o período de 7 a 13 de junho, que as vazões naturais previstas para a próxima semana nas regiões Sudeste e Centro-Oeste “apresentam-se em ascensão em relação às verificadas na semana em curso, que é fruto da passagem de uma frente fria. Essa frente fria ocasionará uma chuva fraca na bacia do rio Paranapanema e no trecho incremental à usina hidrelétrica de Itaipu.

O que achou deste artigo?
Fechar

Sudeste e Centro-Oeste

ONS prevê nível de reservatórios em 37,1%  
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter