Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Padre Marcelo Rossi

Combateremos a violência com a fé

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 13/07/13 - 03h00

Amados, na última quinta-feira, comemoramos o dia de São Bento e, devido a essa data tão especial, resolvemos utilizar esta semana abençoada para mais uma vez orarmos contra os chamados assaltos. Oramos, pedindo a proteção de Deus, com a intercessão de São Bento, para que jamais soframos roubos, furtos ou latrocínios.

Infelizmente, parece repetitivo, mas a violência tomou proporções incontroláveis em todas as partes do nosso planeta. É só ligar a televisão, ler algum jornal ou acessar qualquer site de notícias que encontramos casos de crimes e violência de todos os lugares do mundo.

Um roubo, seja à mão armada ou não, com o uso da violência ou não, acontece a cada minuto. Como disse no início, parece até que estamos nos repetindo, mas é extremamente necessário continuarmos em oração para combater esse mal que assola a vida dos seres humanos. Nos últimos meses, estamos orando muito contra todo tipo de crime, pois temos enfrentado momentos delicados, e, infelizmente, esse quadro faz com que muitas pessoas vacilem na fé e se afastem de Deus.

Nos casos de roubo, por exemplo, sabemos que é revoltante chegar em casa e ver que todos os seus pertences, que levaram anos para ser conquistados, foram roubados ou destruídos, mas, por isso mesmo, é que devemos enxergar que sem Deus nada somos e apenas Ele pode nos proteger. É difícil, hoje em dia, conhecermos alguém que nunca foi assaltado ou que pelo menos conheça quem jamais passou por uma situação como essa. Pessoas, lojas, estabelecimentos alimentícios, bancos, carteiros e até veículos de transporte público, como ônibus e lotações, são diariamente alvos de assaltantes. Quantos milhões de trabalhadores não saem de casa com medo e rezando para retornar em segurança?

Sem dúvida, os sentimentos de tristeza, rancor ou mágoa tomam conta de nosso coração quando somos covardemente subtraídos de nossas coisas durante um assalto, mas é justamente nesse momento que nossa confiança em Cristo deve ser redobrada, e apenas Ele nos dará a força necessária para buscarmos tudo novamente e termos misericórdia das pessoas que nos prejudicaram. Tenho a certeza de que o mundo nunca esteve tão violento e, no meu coração, sei que um dos motivos para isso estar acontecendo é a falta de Deus na vida das pessoas.

Os estabelecimentos comerciais também se transformaram em alvos dos criminosos, detalhe, qualquer estabelecimento, grande ou pequeno. Bares, lanchonetes, padarias, lojas de todos os tipos, mercados, enfim, qualquer gênero de estabelecimento está sofrendo com esse mal. Sem contar os arrastões que vêm acontecendo em grandes cidades, em que os bandidos roubam não apenas o caixa do estabelecimento, mas também todos os clientes que lá se encontram.

A mesma coisa está acontecendo até no transporte coletivo. No passado, apenas os melhores veículos eram alvos de criminosos, mas isso foi há muito tempo; hoje em dia, os bandidos estão cometendo crimes contra qualquer pessoa, tenham elas bons veículos ou carros mais simples e até os mais antigos. Sem contar os assaltos e outros tipos de crimes que acontecem no transporte coletivo. Nos últimos anos, aconteceram casos de crimes em todo tipo de transporte. Tivemos o caso dos rapazes que foram assaltados e dos jogados de um trem em movimento na região da grande São Paulo, tivemos casos de arrastões em ônibus na região Nordeste do Brasil e, neste ano, tivemos dois casos de abuso contra mulheres no Rio de Janeiro, a turista norte-americana que foi abusada em uma lotação e a professora que foi abusada dentro de um ônibus em movimento.

Amados, vamos orar, pois só Deus para ter piedade de nós. Boa semana, Deus abençoe!

Oração de São Bento
A Cruz Sagrada seja a minha luz; Não seja o dragão o meu guia; Retira-te Satanás; Nunca me aconselhes coisas vãs; É mal que tu me ofereces; Bebe tu mesmo o teu veneno!

O que achou deste artigo?
Fechar

Combateremos a violência com a fé
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter