Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Pastor Márcio Valadão

Você é aceito como filho de Deus

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 27/02/18 - 03h00

Em João, capítulo 1, verso 12, a Palavra do Senhor proclama de um modo tão glorioso: “Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem em seu nome”. Quem eu sou? Eu sou aceito como filho.

A fé cristã não é uma fé por adesão. Existem pessoas que são adeptas a uma religião. Porém, a fé cristã é algo completamente diferente, em que somos aceitos, mesmo na condição de falhos e pecadores. Nós não somos adeptos de uma fé. A Palavra do Senhor revela, de maneira profunda, que hoje eu sou aceito como filho. Quando Satanás tentou a Jesus (e o deserto não foi a única tentação; foram várias as tentações), diz o texto que ele procurava atingir o ponto nevrálgico. Satanás sempre começava dizendo: “Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães” (Mateus 4.3). “Se és Filho de Deus, pule daqui de cima”.

“Se tu és Filho de Deus”. O ponto é sempre este: a nossa identidade. Porque quando perdemos a nossa identidade, entramos por caminhos perigosos e abrimos a nossa alma para que ela se transforme em um alvo tão terrível para sermos feridos. Muitas vezes, aquilo que nós vemos não determina o que somos. O que determina o que somos é o que a Palavra de Deus diz.

Jesus estava no deserto, quarenta dias sem comer, e o tentador volta e diz: “Ah, Filho de Deus não passa fome. Filho de Deus com fome? Se tu és o Filho de Deus...” A Palavra revela: “A lei do Senhor é perfeita e restaura a alma.” Quando eu começo a vivenciar a minha identidade e a minha posição como filho, sempre caminhando dentro do conhecimento e na certeza de que é o seu Pai, tudo passa a ser diferente. Temos de caminhar não por aquilo que as circunstâncias nos dizem, pelo que as pessoas dizem, mas caminhar sobre o conceito que Deus tem a nosso respeito. O próprio Senhor afirmou em sua Palavra: “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito...” (Jeremias 29.2).

Em momentos de feridas da alma é tão importante ouvir o que o Pai nos fala. Muitas vezes, vem aquele sentimento: “Ninguém me ama”. É hora de dizer: “Meu Pai celestial me diz: ‘Eu o amo’. ‘Ninguém me ama’ é mentira. ‘Ninguém se importa comigo’ é mentira! Meu Pai celestial me diz: ‘Eu te cerco por trás e por diante e sobre ti ponho a minha mão’” (Salmo 139.5). Quantas vezes nós queremos ouvir mais o que as circunstâncias dizem e, de repente, vem aquele sentimento: “Eu sou um inútil. Nada vai dar certo na minha vida”, verdade ou mentira? Mentira! É tão simples porque “a lei do Senhor é perfeita e restaura a alma”. O que é restaurar a alma? É voltar a ser como era no princípio. Restauração é isto: é voltar a ser como antes. É tão lindo caminharmos em cima desta revelação: Eu sou aceito como filho!

Amado leitor, a partir de hoje, procure se ver como Deus o vê, e nunca mais como as pessoas dizem que você é.

Seja restaurado, em nome de Jesus!

O que achou deste artigo?
Fechar

Você é aceito como filho de Deus
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter