Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Paulo Campos

Entrevista: Magda Nassar, presidente em exercício da Abav Nacional e da Braztoa

Em ano de eleições, presidenciáveis ainda não acenaram para o setor de turismo

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Magda Nassar vice-presidente da Abav Nacional
Magda Nassar vice-presidente da Abav Nacional
PUBLICADO EM 08/09/18 - 03h00

Magda Nassar, presidente em exercício da Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav Nacional) e presidente da Associação Brasileira dos Operadores de Turismo (Braztoa), fala da Abav, que chega à 46ª edição com novos parceiros, temas e expositores.

- Como será a 46ª Abav Expo Internacional de Turismo e 50º Encontro Comercial Braztoa na nova casa, o Anhembi? O evento vem maior e melhor, mais uma vez selando a parceria entre Abav e Braztoa, duas das entidades mais representativas do setor e com força para reunir os principais players do mercado e atrair segmentos inéditos. O Anhembi é o espaço que tem sediado os mais importantes eventos de negócios do país.

- Quantos expositores estão confirmados e quem estará estreando na feira? Não falamos em número de expositores, mas sim em marcas expositoras, porque um mesmo estande pode abrigar dezenas de co-expositores, como é o caso de destinos turísticos. Estamos estimando 1.100 marcas expositoras e um público qualificado de 23 mil visitantes profissionais durante os três dias do evento. Entre os estreantes internacionais podemos citar a Polônia e a Tanzânia. As vendas ainda estão acontecendo, por isso não temos, nesse momento, como apresentar dados fechados. Em termos de espaços novos, teremos dois inéditos, o Ampro Conecta Mice, dedicado à interação entre compradores e fornecedores do segmento de meetings, incentive, conferences and exihibitions, e o Travelport Conecta Big Data, com a presença de desenvolvedores parceiros na apresentação das tendências da indústria de turismo, além de empresas consolidadas e startups.

- A Abav Expo 2018 acontece em um ano de eleições presidenciais. Algum candidato à Presidência da República foi convidado para o evento e confirmou presença? Temos sempre representantes da iniciativa pública no evento, especialmente na cerimônia de abertura, mas as confirmações, em geral, acontecem na semana da abertura. Estaremos a uma semana das eleições, o que talvez restrinja a participação de candidatos.

- Quais as principais reivindicações que a Abav vai apresentar aos presidenciáveis? Nossas propostas já foram apresentadas. Assinamos conjuntamente com as demais entidades que têm assento no Conselho Nacional de Turismo um documento com sugestões para a melhoria do setor e alguns pleitos que seguem pendentes de votação em diferentes esferas do governo federal. Nossa prioridade é a revisão necessária na Lei Geral do Turismo, o que envolve questões tributárias e segurança jurídica, em uma série de 118 itens.

- Um dos sucessos nos anos anteriores é a Vila do Saber. Quais temas serão discutidos nesta edição? Tem muita coisa bacana na programação deste ano, temas que envolvem a economia, o mercado de luxo, a geração 60 + e os novos destinos. Novas experiências nas viagens, gestão 4.0 para agências, turismo industrial, viagens pet e turismo LGBT. A programação é extensa, serão seis arenas com programação de quatro apresentações cada, acontecendo simultaneamente, o que totalizará mais de 70 atividades nos três dias. O site abavexpo.com.br já tem a programação completa, bem como o resumo de cada palestra e o perfil dos palestrantes, e nós recomendamos que reservem antecipadamente as inscrições – que podem ser feitas diretamente no site – porque os lugares são limitados.

- Como será a participação deste ano dos apoiadores? Temos os parceiros tradicionais, como a Braztoa, que é correalizadora da Abav Expo com a organização, pelo quinto ano consecutivo, do Encontro Comercial (este ano na 50ª edição), que reunirá mais de 30 associadas; a Abracorp, que, além do espaço na feira, fará pelo segundo ano o seu fórum; e os cooperados da Clia Brasil e da Air Tkt, também reunindo empresas marítimas e consolidadoras, respectivamente. A novidade são as parcerias com a Associação de Marketing Promocional (Ampro), que vai organizar o Incentive Meeting, além de capitanear o Ampro Conecta Mice; e a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de São Paulo (OAB/SP).

- Como será essa parceria com a OAB-SP? O 2º Congresso de Direito aplicado à Hotelaria será aberto a todos os visitantes e apresentará uma série de painéis com temas ligados à legislação que envolve agências de viagens, tributação em hotelaria, resoluções da Anac, responsabilidade solidária, gestão de segurança etc. E serão apresentados por especialistas nessas áreas, o que será de grande valia para nosso visitante.

- O pré-agendamento de reuniões é uma novidade. Como você avalia essa nova ferramenta? Não é uma novidade. Na verdade, a Abav Expo já disponibiliza essa opção no sistema há algumas edições, mas este ano tivemos resultados acima do esperado, o que nos leva a crer que os brasileiros já estão se habituando a essa cultura, muito comum nos grandes eventos internacionais. As reuniões agendadas facilitam muito o roteiro na feira e otimizam os negócios, tanto para os visitantes quanto para os expositores.

- Nos últimos anos, a tecnologia tem ganhado espaço maior na feira. Ela continua a permear cada vez mais as relações do turismo? Sim, assim como nas edições anteriores, vamos apresentar o que há de mais avançado em soluções, ferramentas e mecanismos que fazem a experiência do turismo cada vez melhor. Exemplo disso é o Travelport Conecta Big Data. Serão 12 expositores em um estande compartilhado com a participação de Monde, Big Data Corp, WTS, Tuuris, BMR e Site Minder. A tecnologia deve ser encarada como aliada, e não como ameaça aos agentes de viagens.

- O Brasil tem hoje mais de 30 milhões de pessoas na faixa dos 60 anos. A Abav tem um espaço dedicado a esse consumidor? Esse tema terá destaque na Vila do Saber. Esse é um nicho que está em ascensão no setor. O Brasil, assim como a Europa, terá muito mais idosos do que jovens em curto espaço de tempo. E cada vez mais eles viajam, trabalham e se divertem. Com o aumento da expectativa de vida, a ideia é ofertar cada vez mais oportunidades para receber esse público. O assunto será abordado na palestra de Heloísa Lucas e Irineu Ramos no dia 28, às 15h.


 

O que achou deste artigo?
Fechar

Personagem da semana

Entrevista: Magda Nassar, presidente em exercício da Abav Nacional e da Braztoa
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter