Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Raimundo Couto

Conectado com o futuro

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
d
Simca Esplanada exibido no Salão de São Paulo, em 1966
PUBLICADO EM 23/05/18 - 03h00

Pode parecer que está longe, mas com a velocidade com a qual o tempo passa, novembro surge no horizonte em um piscar de olhos. Será neste décimo primeiro mês de 2018 que acontecerá a 30º edição do Salão do Automóvel de São Paulo, que terá vez entre os dias 8 (quarta-feira) a 18 (domingo). 

Esta será a segunda vez que a mostra acontecerá no novo endereço, depois que o Pavilhão do Anhembi se tornou pequeno e desconfortável diante o crescente número de público que a feira atrai. Há dois anos aconteceu a primeira exposição no novo endereço e a comprovação de que a mudança era necessária. O São Paulo Expo, no KM 1,5 da rodovia dos Imigrantes, zona Sul da capital paulista, mostrou-se mais que adequado para receber a pujante indústria automobilística, que mesmo em tempos de grave crise, exibiu novidades significativas para o mercado. 

Em tempos idos, mesmo sendo recebido com grande expectativa, o evento que reúne o que de mais importante acontece no acelerado mundo das quatro rodas, não constituía, necessariamente, em um momento onde muitos segredos seriam revelados. Isso porque ao logo do ano, nos meses que antecede a abertura da grande mostra automobilística nacional, que acontece nos anos pares, as montadoras promovem, paulatinamente, o lançamento de seus produtos para o ano seguinte. E seguindo esta tradição não será diferente desta feita. Como um único exemplo, a Volkswagen, que mostrará em seu estande três novidades, dois SUVs, o T-Cross e o Tarek, ambos feitos a partir da plataforma MQB dos novos Polos e Virtus, também o novo sedã Jetta, que vem da fábrica da VW, no México. 

Pelo lado dos modelos conectados com o presente e o futuro de uma nova matriz enérgica, deverá vir da Alemanha o Golf GTE, modelo de propulsão hibrida que poderá ser oferecido comercialmente no mercado brasileiro. Seguindo o raciocínio sobre “novidade” com exceção do Golf GTE, os demais citados aparecerão nos próximos meses nas mídias especializadas e nas redes sociais, muito antes de se tornarem atração na mostra automobilística paulista. Mas isso não é motivo para esvaziar um evento de tanta importância para e economia e o mercado em geral, fora a grande paixão que o brasileiro nutre pelo universo das quatro rodas, o que, por si só, já garantiria o sucesso da iniciativa. 

O principal evento do segmento na América Latina abrigará 30 marcas de veículos que apresentarão mais de 500 carros, alguns, até, em primeira mão. A organização espera receber mais de 700 mil pessoas que terão a oportunidade de conhecer as novidades, interagir com os carros e ainda testar mais de 10 marcas nas pistas de test-drives espalhadas pelo mais de 23 mil m² de área externa do espaço. Esta edição terá como slogan “A conexão que nos move” e aposta na diversidade de atrações que misturam emoção, diversão, interação e experiências, tudo isso dentro de uma proposta moderna e trazendo novos conceitos sobre mobilidade e tecnologia. Para visitar a mostra muitas agências de viagem preparam pacotes especiais que facilitam a vida dos que apreciam as belezas e novidades do mundo das quatro rodas. 

A organização estima que cerca de 40 mil testes seja realizados, número grandioso como os que são esperados após o balanço do evento, como os recordes em participação de público e de modelos expostos nas dezenas de estandes, mas tudo isso proporcional ao alto grau de interesse que o tema exerce em um povo apaixonado pelos automóveis.

O que achou deste artigo?
Fechar

Conectado com o futuro
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter