Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Raquel Faria

O pé da viúva

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM Tue May 15 03:00:00 BRT 2018

O pé da viúva

Renata Campos, a viúva de Eduardo Campos, é apontada nos bastidores como a principal fiadora de um acordo do PSB com o PT e do consequente enterro da candidatura de Marcio Lacerda ao governo de Minas. Por razões de natureza pessoal e familiar, além de conveniências políticas, ela “botou os pés” na campanha mineira para agradar o PT de Pimentel e conseguir em troca o apoio petista em Pernambuco, onde Lula tem até 70% de intenções de voto. Tanto quanto a reeleição do governador Paulo Câmara, crucial para a família Campos, a viúva conhecida por sua obstinação quer boicotar a pré-candidatura da petista Marília Arraes, sua desafeta.

“Está mantida”

O PSB mineiro, presidido por Lacerda, enviou uma nota de poucas linhas em que nega qualquer articulação para a retirada do ex-prefeito da sucessão estadual, informa que ele está hoje em São Paulo participando de evento da Fundação Lemann e afirma que a candidatura “está mantida”. 

Subindo no muro

É nas simulações de disputa sem Lula que a pesquisa CNT/MDA apresenta oscilação importante. Quando o ex-presidente sai da lista, os indecisos quase dobram, subindo de 8,7% para 16%, contra 10% antes. Aumentou muito a indecisão entre lulistas sobre quem apoiar na ausência do petista.

Desidratação

A CNT/MDA apontou uma alteração na ordem dos presidenciáveis, com Ciro Gomes subindo ao 4º lugar, à frente de Geraldo Alckmin, agora em 5º. A troca de posição não decorre tanto do avanço de Ciro, que subiu de 4,3% para 5,4%, e sim do recuo de Alckmin, que desceu de 6,4% para 4%. Um dos destaques da nova pesquisa é a desidratação do tucano.

Beira do colapso

Ao tomar posse da presidência da Fiemg no dia 24, Flávio Roscoe assumirá a administração da maior crise financeira já vista na entidade. Segundo dados do Ministério do Trabalho divulgados ontem, a contribuição sindical desabou mais de 83%, de R$ 4,2 milhões em 2017 para apenas R$ 700 mil neste ano. Os cortes de gastos na nova gestão serão inevitáveis.

Jogo não acabou

Em alguns grupos políticos Marcio Lacerda já era dado ontem como carta fora da sucessão mineira. Mas essa avaliação é prematura. O acordo PSB-PT ainda não foi fechado e, até lá, pode desandar. O jogo só termina, e a candidatura de Lacerda acaba, quando Marília desistir em Recife. Ela por ora resiste.

Imobilismo eleitoral

A nova pesquisa CNT/MDA divulgada ontem espanta pelo imobilismo na corrida presidencial em relação ao levantamento anterior em março. Entre as duas sondagens houve o fato bombástico da prisão de Lula, líder da disputa e primeiro ex-presidente a parar numa cela. Todavia, a maioria dos candidatos ficou no mesmo lugar, exceto por variações mínimas dentro da margem de erro: Lula passou de 33,4% para 32,4%, Bolsonaro de 16,8% para 16,7% e Marina de 7,8 para 7,6%. O eleitor não reagiu à prisão do petista, nem bem nem mal. Ele parece indiferente ou impermeável a tudo.

Espera do mestre

Nos cenários sem Lula também se verifica uma explosão de nulos/brancos, que saltam de 16,1% para 29,6% e já se aproximam de um terço. Juntando-se os indecisos, chega-se a 45,7% de não-votantes na pesquisa sem Lula, contra 26,7% com ele. Contas feitas, o índice total de não-votantes sobe 19 pontos quando o ex-presidente sai fora. Essa massa de lulistas órfãos não está indo para lugar nenhum; subiu no muro da indecisão ou do desencanto e aí tende a permanecer, parada, até que Lula indique um nome. Ou seja, o lulismo deve manter a campanha no imobilismo até o seu mestre mandar.

FOTO: Anna Castelo Branco /Rede Fotonovela/Divulgação

Rodrigo Dias Silva e Antônio Carlos Arantes

Via de regra

O risco de colapso se estende às demais federações industriais e também aos sindicatos patronais ou de trabalhadores dos mais variados setores, indiscriminadamente. Todos estão à mingua com o fim da contribuição obrigatória ou imposto sindical na recente reforma trabalhista.

O que achou deste artigo?
Fechar

O pé da viúva
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter