Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Sabores do Mundo

À mesa em Cambará do Sul

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
foto
Escalopes de file mignon ao molho de frutas vermelhas com arroz piamontese
PUBLICADO EM 02/07/16 - 03h00

Próximo a paraísos naturais, dos quais o Brasil, felizmente, é farto, nem sempre é fácil encontrar bons lugares para comer bem. As exceções são os restaurantes de comida mais simples e caseira, mas muito bem executada. Para quem vai conhecer os cânions e toda a paisagem impactante de Itaimbezinho, as boas opções estão em Cambará do Sul.

É bom estar preparado: as caminhadas pelas diversas trilhas trazem vistas de tirar o fôlego, mas não há nenhum restaurante, bar ou casa de lanches nesses percursos. Na volta a Cambará do Sul, algumas boas opções aguardam – e agradam – os muitos turistas que visitam a região durante todo o ano.

O Sendero Bistrô, por exemplo, é uma casa aconchegante, com atendimento atencioso e música ao vivo, onde a proprietária Andreia canta para os clientes. A entrada de berinjela é uma referência, e pratos como o filé com aspargos e a banana flambada com sorvete de araçá justificam o formato de bistrô que dá nome à casa, que ainda tem opções de cozinha vegetariana e vegana.

Primorosa e farta

Na estrada para o cânion, a 6 km da cidade, está o restaurante Bolicho Guariroba (www.facebook.com/bolicho-guariroba), um sucesso local com cozinha caseira despretensiosa e com bom preço. Primeiro restaurante que surge na volta do parque, ele não é apenas um restaurante de estrada com localização estratégica. Pelo contrário, a casa tem um movimento grande, e a comida é boa e farta, baseada em um menu por dia, o que facilita a qualidade no preparo dos pratos.

Os proprietários atendem pessoalmente os clientes, com simpatia, e a casa ainda possui cervejas artesanais de marca própria, como a Weiss e a IPA.

Cervejas e sopas

Uma ótima opção que também faz sucesso na cidade – aliás, é difícil conseguir mesa após às 21h – é o Du Perau Pub Bar (www.facebook.com/duperaupubbar). A casa é animada e descontraída, com música ao vivo e bom atendimento. O foco são petiscos e sanduíches que acompanham as muitas opções de cervejas artesanais nacionais e importadas.

Para provar a comida campeira, uma boa pedida é o restaurante Galpão Costaneira, com comida simples e farta, preparada em panelas de ferro, e com menu de cachaças para degustação. O Zuppa também agrada, servindo sopas e pizzas próximo à lareira; enquanto o Casarão é uma opção para quem gosta de comida de bufê e, principalmente, da trilogia gaúcha truta-galeto-polenta, que a casa oferece em formato de rodízio.

 

Receita

Truta com aspargos, cítricos e tomilho

Raspe cascas de 1 laranja e 1 limão e, depois, corte os gomos de 2 laranjas e 2 limões, retirando a membrana. Reserve. Tempere filés de aliche e de truta com sal e pimenta-do-reino. Em uma frigideira grande, aqueça 1/2 xícara de azeite e refogue rapidamente 2 filezinhos de aliche e 4 dentes de alho picados (cerca de 2 minutos). Coloque 6 aspargos frescos, fazendo uma cama com eles, e doure-os por cerca de 1 a 2 minutos, dependendo da grossura. Tempere com sal e pimenta-do-reino e distribua os filés de truta por cima. Cubra-os com os gomos de laranja e de limão e salpique as cascas raladas. Regue cada um com 1/2 xícara de vinho branco, salpique 2 colheres (sopa) de folhas de tomilho por cima. Tampe a panela para que a truta cozinhe no vapor por 4 ou 5 minutos. Sirva, distribuindo a truta, os aspargos, os gomos de laranja e os de limão em pratos individuais. 

O que achou deste artigo?
Fechar

Gastronomia

À mesa em Cambará do Sul
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter