Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Sabores do Mundo

Comida de navio

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
foto
Os navios de bandeira italiana apostam na cozinha internacional, mas com forte pegada da gastronomia de seu país
PUBLICADO EM 27/08/16 - 03h00

Esqueça os bufês com estátuas de gelo no jantar da meia-noite. Os menus criados por chefs celebridades, servidos em salas de jantar dramáticas e com a comida feita com ingredientes de exóticos a sofisticados, atestam que os jantares em cruzeiros estão numa onda de melhorias.

Restaurante contemporâneo com vista para o mar, equipe de garçons ao mesmo tempo amigável e discreta, salas de jantar espetaculares e menus ultracriativos em restaurantes de especialidades diversas mostram que as empresas marítimas entenderam que a boa gastronomia – com o interesse que vem despertando em todo o mundo – pode ser um grande atrativo numa viagem de navio.

Sofisticado

Foodies (quem viaja para comer) no mar podem agora apreciar, por exemplo, das inovações de Charlie Palmer, do aclamado restaurante Aureole, de Nova York, aos suhis extravagantes do chef Nobuyuki “Nobu” Matsuhisa, em menus- degustação, sem ter que esperar por semanas para conseguir uma reserva em seus restaurantes.

As opções variam de menus farm-to-ship sustentáveis e sazonais – como o de seis pratos criados pelo chef celebridade de Miami Michael Schwartz, que utiliza ingredientes de pequenas fazendas do sul da Flórida – a outros como a steakhouse do Manzo do Eatly, de Turim, com direito a legítimos prosciutto italianos ou a restaurante francês formal e sofisticado com a chancela Relais & Chateaux.

Desafios

Os desafios são grandes e os serviço, para muitos clientes ao mesmo tempo. Algumas cozinhas tiveram que ser remodeladas por exigência dos chefs que não abrem mão de seu maquinário de trabalho em meio a toda essa produção, que tem que agradar também ao cliente chato que só come bife com batatas fritas.

Até mesmo linhas de cruzeiros conhecidas como mais populares cortejam hoje os paladares gourmet, trabalhando com carnes maturadas e frutos do mar frescos. De qualquer forma, sempre come-se bem em navios, mesmo os que servem pizza, hambúrgueres, sorvetes e sanduíches de Delis por 24 horas, enquanto são servidos almoços e jantares em turnos.
Mas o inegável fato hoje é que a célebre noite de gala do jantar do capitão deixou de ser a grande noite de comida elaborada em navios.


Receita

TORTA FÁCIL DE CHOCOLATE

Preparo:
Bata 560 g de manteiga com 560 g de açúcar na batedeira até obter uma mistura cremosa. Não bata demais para não talhar. Acrescente 6 ovos e bata manualmente, até obter um creme homogêneo. 
Derreta 560 g de chocolate em banho-maria e acrescente à mistura de manteiga e açúcar. Coloque 12 gemas de ovo, uma de cada vez, misturando a cada adição. Unte uma fôrma de fundo falso com manteiga e coloque a metade da massa cobrindo o fundo. Coloque o restante da massa na geladeira e a assadeira no forno pré-aquecido. Asse cerca de 25 minutos. Depois retire e deixe esfriar.
Retire a massa da geladeira e coloque sobre a fôrma assim que esfriar. Depois leve ao congelador por meia hora antes de servir. 

O que achou deste artigo?
Fechar

Comida de navio
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter