Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Sabores do Mundo

Escandinávia em NYC

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
foto
Saguão da Central Station em Nova York: ponto turístico imperdível
PUBLICADO EM 18/08/16 - 21h23

Claus Meyer fez de novo. O dinamarquês, que é um dos fundadores do Noma, em Copenhague, na Dinamarca, segue com seu estilo de cozinha New Nordic, depois de abrir o restaurante conceito Gustu, em La Paz, na Bolívia, gerando uma referência internacional em gastronomia. Numa região em que não havia nenhuma referência desse tipo, inaugurou há pouco o Agern (www.agernrestaurant.com) dentro da Grand Central Station – agora chamada de Terminal –, em Nova York.

A New Nordic cozinha não é tanto uma escola de gastronomia, mas uma filosofia, onde seus seguidores valorizam métodos tradicionais, como a cura e a defumação, e procuram ingredientes esquecidos ou negligenciados próximo a seus restaurantes. Isso foi feito em La Paz, onde grande parte dos produtos utilizados foram pesquisados na própria região.

De todas as estações de trens e ônibus de Nova York, a histórica Estação Central – com 102 anos de idade – tem de longe a melhor seleção de alimentos e bebidas na cidade. De refeições com serviço completo e coquetéis sofisticados a hambúrgueres gourmet, ali estão ótimas opções para comer e beber não só para quem está em trânsito.

Agern

O grande destaque do local são as ostras no excelente Grand Central Oyster Bar (www.oysterbarny.com), localizado no saguão do nível inferior, grande clássico da cidade e do país, com sua enorme seleção de frutos do mar crus e sanduíches perfeitos, com uma das 15 opções de cervejas tiradas das biqueiras. Agora o Agern esquenta a cena gastronômica do local.

Inaugurado há três meses, o Agern fez na estação de trem um dos lugares mais espaçosos e interessantes para se comer na cidade. Gunnar Gislason, o chef do New Nordic do Dill Restaurant (www.dillrestaurant.is), em Reykjavík, na Islândia, foi recrutado por Meyer para chefiar a cozinha, onde ingredientes islandeses foram trocados por outros pesquisados no entorno de Nova York, gerando a brincadeira de que a cidade agora é como uma outra capital da Escandinávia, a Oslo-on-Hudson, citação ao famoso rio que passa por Nova York.

O restaurante é decorado no estilo moderno do chamado novo design da Escandinávia, com o uso de madeira clara, almofadas de carvão vegetal e azulejos verde musgo, sendo chamado pelo jornal “The New York Times” de um spa com menus de degustação e coquetéis pelo clima relaxante trazido dentro da frenética Grand Central.

 

Receita

CAMARÃO “JUMBO” COCKTAIL
 
Preparo/camarões: Aqueça 1,2 L e água até levantar fervura com 1 talo grande de salsão cortado em 4 pedaços, 1/2 cebola fatiada, 3 colheres (sopa) de sal-marinho, 2 colheres (sopa) de suco de limão e uma colher (sopa) de pimenta-do-reino moída na hora . Assim que a água ferver, coloque 12 camarões “jumbo” (12 peças o kg) e cozinhe por um minuto e meio. Retire os camarões com escumadeira e passe-os na água da torneira ou coloque-os em vasilha com gelo para esfriar. Leve à geladeira e sirva gelado.
 
Preparo/molho: Em uma vasilha, misture 1/2 xícara de ketchup, 1/2 xícara de molho de chili (ou colher de sopa de pasta de chili), uma colher (sopa) de raiz forte ou uma colher (sobremesa) de wasabi, uma colher (chá) de suco de limão, uma pitada de molho inglês, gotas de tabasco (a gosto) e uma pitada de pimenta-do-reino branca moída na hora.
 
Observação: Em pratos individuais, coloque um pequeno pote com o molho e, ao lado, distribua os camarões. Se quiser, faça uma pequena salada verde e sirva imediatamente.
 

O que achou deste artigo?
Fechar

Escandinávia em NYC
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter